Gre-Nal 416

Clássico entre Grêmio e Internacional termina sem gols

18:51 · 12.05.2018
Grenal 416
Apesar de uma partida dinâmica e com lances polêmicos, jogo terminou no 0 a 0 ( Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA )
Neste sábado (12), Grêmio e Internacional se enfrentaram na Arena em clássico com vários destaques dentro de um jogo só, mas as duas equipes não atingiram o principal objetivo: o Gre-Nal 416 terminou sem gols
 
A partida, válida pela quinta rodada do Brasileirão, teve surpresa nas duas escalações, estreia de jogador, reclamações por pênaltis não marcados e até o lançamento de um sinalizador em campo, segundos antes de o árbitro encerrar o clássico.
 
A partida ficou no 0 a 0 por dedicação enorme da defesa do Inter, mas também por uma jornada ruim de algumas peças decisivas do Grêmio. Everton, Luan e André ficaram devendo na comparação com outras partidas recentes.
 
O primeiro tempo teve uma partida com pouco lances de ataque entre os times. O Grêmio ficou com a posse de bola, mas as trocas de passes não tinham o efeito desejado pelo posicionamento do Internacional. Da intermediária defensiva para trás, os comandados de Odair Hellmann pouco deram espaço. Aos 28 minutos, um lance polêmico: Fabiano derrubou Cortez na área, mas o árbitro Wilton Pereira Sampaio entendeu o lance como normal.
 
No segundo tempo, o Grêmio voltou com mais vontade de gols e já no primeiro minuto, André recebeu de Luan quase na pequena área e mandou por cima. Rossi respondeu em chute para fora aos 11min. Mas o domínio tricolor voltou a prevalecer, e Madson perdeu duas boas chances. Primeiro, ao mandar sobre o gol, livre dentro da área. Depois, em cabeçada após cobrança de escanteio de Luan. No rebote, Geromel furou. Aos 36, Luan arriscou de longe e assustou Danilo Fernandes.
 
Torcidas
Ex-presidente do Grêmio e do Clube dos 13, Fábio Koff uniu gremistas e colorados. Antes da bola rolar, foi respeitado um minuto de silêncio pelo falecimento do dirigente. O público presente bateu palmas, inclusive no setor visitante. No telão, fotos. Na arquibancada, faixas. No campo, faixas pretas nos uniformes em sinal de luto.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.