Polêmica

CBF vê erro de juiz nos dois gols do Ceará contra América-MG

Na última segunda-feira, o Alvinegro empatou em 2 a 2 com o time mineiro na Arena Castelão pelo Brasileiro

Ceará e América-MG empataram em 2 a 2 na Arena Castelão ( Foto: Kid Júnior )
12:05 · 17.05.2018 / atualizado às 12:11

Como vem fazendo desde a primeira rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, a CBF divulgou mais uma vez os acertos e erros de arbitragem das partidas da 5ª rodada da competição. A instituição considerou como erros de arbitragem os dois gols do Ceará contra o América-MG.

Para a CBF, no primeiro gol, o meia Wescley estava em posição de impedimento e participou da jogada. Com isso, a decisão regulamentar seria a cobrança de tiro livre indireto. "Ao analisarmos o vídeo notamos que o atacante chega a colar o pé para disputar e retira configurando a infração de interferência ao adversário por disputar e por ação e impacto", analisa.

Já no segundo gol, a entidade considera equivocada a marcação de pênalti na disputa de bola entre Elton e Messias. Na ocasião, o árbitro Eduardo Tomaz de Aquino Valadão deixou seguir o lance,  Arthur chutou e João Ricardo defendeu. Após a finalização, o juiz voltou atrás e sinalizou a infração. Na cobrança, Pio empatou o jogo. "Um árbitro somente pode voltar à decisão anterior a uma vantagem aplicada quando esta não se concretiza", explica.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.