2 a 0

Brasil vence Estados Unidos em primeiro amistoso após Copa

Sem sustos, a Seleção Brasileira passou com facilidade pelos americanos

23:26 · 07.09.2018 / atualizado às 23:29
ft
Neymar marcou o segundo gol da vitória da Seleção ( AFP )

Brasil derrotou Estados Unidos por 2 a 0 nesta sexta-feira, no MetLife Stadium, em Nova Jersey. Tite promoveu as estreias de Arthur , Richarlison, Paquetá (Flamengo) e Everton (Grêmio), além de apresentar Neymar como capitão permanente da seleção brasileira. Aos 10 minutos do primeiro tempo, Roberto Firmino abriu o placar para o Brasil após jogada em velocidade de Douglas Costa pela direita. Aos 41, Fabinho caiu na área e o árbitro assinalou pênalti, convertido por Neymar.

O jogador do PSG, que foi nomeado por Tite como novo capitão da seleção de forma definitiva, não teve uma atuação destacada. Ele atuou por 80 minutos até ser substituído por Everton. No período em que esteve em campo, jogou pelo lado esquerdo e teve mais liberdade ofensiva do que no Mundial da Rússia, quando o Brasil caiu nas quartas de final pela Bélgica. O jogador abusou das jogadas individuais, mas não teve sucesso. Na maioria das vezes foi desarmado ou não deu prosseguimento ao lance. Por outro lado, não cavou faltas. 

Se Neymar não encenou, o lateral direito Fabinho aproveitou uma tabela com Douglas Costa para invadir a área e cavar um pênalti. O jogador do Liverpool foi o único dos titulares da seleção no amistoso que não esteve na Rússia. O pênalti foi cobrado por Neymar, que deslocou o goleiro Steffen para marcar o segundo gol.

Quando Neymar marcou de pênalti, o Brasil já estava na frente do placar. Em uma jogada que envolveu três reservas do Mundial da Rússia, Marquinhos deu passe vertical para Douglas Costa, que driblou procurando o fundo do campo e, na sequência, cruzou para Firmino completar para o gol.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.