Fim de carreira

Bolt sofre lesão e não termina a última prova da carreira

O campeão olímpico saiu da competição consolado pelos seus companheiros

Bolt começou a sentir dor quando iniciou sua corrida após receber o bastão para os últimos 100 metros na terceira colocação e não conseguiu cruzar a linha de chegada ( Fotos: AFP )
19:36 · 12.08.2017 / atualizado às 19:56 por Estadão Conteúdo

O atleta Usain Bolt teve um fim de carreira inesperado. Neste sábado, na final do revezamento 4x100 metros do Mundial de Atletismo, no estádio Olímpico, em Londres, o velocista jamaicano sofreu uma lesão muscular.

Bolt começou a sentir dor quando iniciou sua corrida após receber o bastão para os últimos 100 metros na terceira colocação e não conseguiu cruzar a linha de chegada. O atleta deixou a pista consolado pelos outros corredores.

A Grã Bretanha cruzou a linha de chegada em primeiro com o tempo de 37s47 e bateu um dos favoritos, os Estados Unidos - prata com 37s52. Assim como nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, o Japão ficou com a medalha de bronze com a marca de 38s04.

Histórico de campeão

O sorriso fácil, a personalidade forte, o carisma e o talento ganharam a companhia da emoção de Usain Bolt, um dos maiores nomes do esporte mundial, e entraram definitivamente para a história. Perto de completar 31 anos, o astro jamaicano saiu de cena após a disputa.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.