Rússia x Arábia Saudita

Argentino supera brasileiro e vai apitar abertura da Copa

O brasileiro Sandro Meira Ricci trabalhará como quarto árbitro

21:30 · 12.06.2018 por Folhapress
Pitana
Pitana terá como assistente os compatriotas Juan Pablo Belatti e Hernán Maidana ( Foto: AFP )

O argentino Néstor Pitana, 42, será o árbitro da partida de abertura da Copa. Rússia e Arábia Saudita jogam nesta quinta (14), no estádio Lujniki, em Moscou. O jogo terá início às 12h (de Brasília).

Pitana terá como assistente os compatriotas Juan Pablo Belatti e Hernán Maidana.

O brasileiro Sandro Meira Ricci trabalhará como quarto árbitro. Ele era cotado para ser o juiz da abertura e foi levado pela Fifa para uma entrevista coletiva nesta terça (12).

"Fico muito feliz de ter sido apontado como o quaro árbitro nesse jogo. Estou ansioso para trabalhar", afirmou Ricci. O Brasil jamais teve um árbitro no primeiro jogo da Copa. Já em decisões, isso ocorreu duas vezes. Arnaldo Cézar Coelho apitou em 1982, e Romualdo Arppi Filho, em 1986.

Pitana vai à sua segunda Copa do Mundo. Ele trabalhou no Brasil, em 2014, e atuou em quatro partidas. Seu último jogo foi nas quartas de final.

"Todos esperam pelo primeiro jogo, pois é algo que está no foco e todo o mundo está olhando. A escolha foi por alguém que tem experiência, e confiamos que fizemos a melhor escolha ao ter o Pitana", disse o italiano Pierluigi Colllina, presidente do Comitê de Arbitragem da Fifa.

"A seleção dos árbitros é baseada apenas em resultados e qualidades", disse o suíço Massimo Busacca, diretor do Comitê de Arbitragem.

A Fifa também apontou o italiano Massimiliano Iratti como árbitro principal de vídeo (VAR). Ele trabalhará de uma sala montada dentro do IBC, o centro internacional de transmissões localizado em Moscou. Será a primeira vez na história dos Mundiais que essa tecnologia será utilizada.

"A maior diferença em nossa preparação é o VAR, que é algo que não temos no Brasil. Mas tivemos muitos seminários, eu mesmo já tive a oportunidade de trabalhar em jogos com o VAR", disse Ricci.

A Fifa deixou claro que não aceitará atletas cercando árbitros e que a atitude resultará em cartão amarelo. Na Copa, dois cartões suspendem um jogador.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.