Críticas

Após perder Gabriel Jesus, Guardiola diz que calendário inglês 'matará' jogadores

O City foi uma das equipes que disputou quatro jogos em 11 dias no período do Natal e do começo de 2018, com as duas últimas partidas, contra o Crystal Palace e o Watford, sendo realizada com um intervalo de apenas dois dias

Após perder Gabriel Jesus, Guardiola diz que calendário inglês 'matará' jogadores ( Foto: Manchester City/ Divulgação )
11:44 · 03.01.2018 por Estadão Conteúdo

O técnico do Manchester City, Pep Guardiola, criticou a quantidade de jogos disputados no Campeonato Inglês durante o período festivo entre o fim de dezembro e o início de janeiro, dizendo que calendário vai "matar" os jogadores. 

O City foi uma das equipes que disputou quatro jogos em 11 dias no período do Natal e do começo de 2018, com as duas últimas partidas, contra o Crystal Palace e o Watford, sendo realizada com um intervalo de apenas dois dias. 

"O que vi, o que todo mundo vê, nas últimas semanas é quantas lesões os jogadores tiveram", disse Guardiola. "Nós vamos matá-los (os jogadores). A federação, sem importar quem sejam seus chefes, tem que refletir. Isso não é normal". 

A ira de Guardiola se dá após o Manchester City perder o atacante Gabriel Jesus por um período entre quatro e seis semanas, como confirmado pelo treinador, por lesão sofrida na partida contra o Crystal Palace. Além disso, no triunfo de terça-feira sobre o Watford por 3 a 1, Kyle Walker reclamou de dores na virilha no final da partida. O treinador disse que o seu jogador "pode ter um pequeno problema". 

"Eu sei que o show deve continuar, e continuará, sem importar os jogadores que tenhamos", disse Guardiola. "Aqui na Inglaterra, você não protege os jogadores, isso é um grande erro. Você tem que fazê-lo pela qualidade, não pela quantidade. Jogue a cada três, quatro e cinco dias, mas não a cada dois dias. Veja quantos jogadores tiveram lesões musculares nesse período. Mas não importa, o show tem que continuar. E é por isso que haverá jogadores que não terão condições de jogo", concluiu. 

Os comentários de Guardiola vieram após o Palace também sofrer baixas no empate sem gols com o City. Scott Dann e Jason Puncheon vão desfalcar o time no restante da temporada por causa de lesões no joelho.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.