grupo b

Marrocos e Irã fazem jogo dos coadjuvantes

00:00 · 15.06.2018

Correndo por fora quando o assunto é classificação no grupo B, Marrocos e Irã se enfrentam hoje, às 12 horas.

Os iranianos, que iniciam a disputa do Mundial contra o Marrocos, chegam à Rússia sem sofrer nenhuma derrota nas eliminatórias asiáticas.

O técnico do Irã, o português Carlos Queiroz, conseguiu montar um grupo muito sólido desde que assumiu o comando em 2011 e também classificou o país para a Copa do Mundo do Brasil.

> Confira a tabela da Copa do Mundo

Leia ainda:

> Portugal e Espanha estreiam na Copa
> Todos querem Salah no confronto Egito x Uruguai 
> Seleção afinada 
> Festa, futebol e gols na abertura da Copa
> Putin prega 'paz e entendimento mútuo' 

Queiroz surpreendeu ao deixar de fora da lista de convocados o artilheiro Kaveh Rezaei. Para assustar as defesas adversárias, apostou em Alireza Jahanbakhsh, artilheiro do Campeonato Holandês com 21 gols.

Acostumado a jogar no contra-ataque, Queiroz não hesitou em marcar com a pressão alta em amistosos contra Panamá (2-1) e Venezuela (1-0).

Queiroz, que comandou Portugal na Copa do Mundo da África do Sul-2010, precisará escolher a tática a ser utilizada em São Petersburgo, contra o Marrocos, outra seleção com fama de retranqueira e que também quer surpreender.

"Temos que ser inteligentes e estar bem tecnicamente. É um passo a mais sobre o que podemos jogar na África", disse o técnico Hervé Renard, vencedor de duas Copas da África de Nações.

Os "Leões de Atlas" voltam ao Mundial pela primeira vez desde 1998, graças ao esquema sólido na defesa. A equipe conseguiu avançar nas eliminatórias sem sofrer nenhum gol.

arte

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.