liga dos campeões

Liverpool goleia com show de Salah

Salah comanda goleada do Liverpool, mas Roma consegue reação no fim e sonha com nova virada ( FOTO: AFP )
00:00 · 25.04.2018 / atualizado às 00:58

Com atuação de gala do egípcio Mohamed Salah, o Liverpool atropelou a Roma por 5 a 2, ontem, pelo jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões, e abriu excelente vantagem na luta por uma vaga na decisão.

Salah fez os dois primeiros gols dos Reds, aos 36 e 46 minutos do primeiro tempo, e deu passes para os gols do senegalês Sadio Mané e de Roberto Firmino, respectivamente aos 11 e 16 da segunda etapa. O brasileiro ainda fez mais um, aos 24, enquanto o bósnio Edin Dzeko e Diego Perotti diminuíram para a Roma, aos 36 e 40 minutos do segundo tempo.

A partida marcou o reencontro entre as duas equipes, que se enfrentaram na final da Copa da Europa de 1984. Na ocasião, os Reds levaram a melhor e levantaram o caneco em pleno Estádio Olímpico após vitória na disputa por pênaltis.

No atual duelo entre o poderoso trio ofensivo formado por Sané, Firmino e Salah contra o goleiro brasileiro Alisson e o tradicional sistema defensivo italiano, melhor para o ataque mais eficiente da Liga dos Campeões com 38 gols.

Por outro lado, os Reds vacilaram e foram vazados duas vezes após abrirem 5 a 0 de vantagem. Os gols sofridos em casa podem ser decisivos para a eliminatória e dão esperanças para uma reação da Roma.

Os italianos, que reverteram goleada de 4 a 1 sofrida para o Barcelona para chegar à semifinal, precisam de um nova vitória por 3 a 0 diante de sua torcida para carimbarem a vaga na decisão. Liverpool e Roma voltam a se enfrentar pelo jogo de volta no Estádio Olímpico na próxima quarta-feira, dia 2 de maio, às 15:45h pelo horário de Brasília.

Virada é possível

O técnico da Roma, Eusebio Di Francesco, avaliou que sua equipe é capaz de se classificar para a final da Liga dos Campeões.

"Temos que melhorar nossa mentalidade. Temos que estar seguros de nossas forças e não foi assim. Esta semifinal não está terminada. Quem não acredita da virada, que fique em casa", afirmou o treinador.

"Merecemos marcar estes dois gols, isto demonstra nosso caráter", finalizou após o fim da partida.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.