taça fares lopes

Leão vence e avança

Fortaleza elimina Ceará da Taça Fares Lopes e avança à semifinal, mantendo vivo o sonho de jogar a Copa do Brasil

00:00 · 12.10.2017 por Ivan Bezerra - Repórter
Image-0-Artigo-2309305-1
Paulo Sérgio faz o gol da vitória do Leão e faz aceno para ouvir seu nome ( FOTO: THIAGO GADELHA )

A boa fase do Fortaleza na Série C se mostrou extensiva ao time que disputa a Taça Fares Lopes. Na noite de ontem, na Arena Castelão, o Leão do Pici venceu o Ceará por 2x1 e eliminou o maior rival da competição.

Os dois times haviam empatado em 1 a 1 no Clássico-Rei anterior e o Alvinegro jogava pelo empate para eliminar o rival. Com o resultado, os tricolores avançaram para a semifinal, na qual irão enfrentar o Iguatu, sendo o primeiro jogo na casa do adversário e o segundo na capital cearense. Está vivo o sonho de disputar a Copa do Brasil.

O jogo teve seus melhores momentos na segunda etapa, quando surgiram mais chances de gol. Entretanto, o espírito de luta do Leão do Pici em toda a partida acabou sendo determinante para conseguir a vitória e se manter invicto sobre o rival por cerca de dois anos.

Primeiro tempo

O primeiro tempo não teve a técnica do jogo anterior, sendo um jogo mais de disputa acirrada. O Ceará apresentava o domínio, mas o Leão era perigoso nos contra-ataques.

O Tricolor de Aço perdeu uma substituição logo aos 3 minutos. O volante Aldo sentiu um desconforto na coxa e teve que ser substituído por Jonathas.

As chances de gol mais reais no primeiro tempo foram do Fortaleza, que procurou utilizar os contra-ataques. Houve algumas infiltrações dos atacantes leoninos pelos flancos da área do Ceará, como Gabriel Pereira, Vinícius Baiano, Paulo Sérgio e Vinícius Pacheco.

O Ceará não conseguiu muitas finalizações na etapa inicial e sofreu o gol aos 45 minutos. João Marcos cometeu pênalti em Adenilson e Vinícius Pacheco cobrou de perna esquerda, deslocando Fernando Henrique: 1x0. O time dirigido por Daniel Frasson chegou ao segundo gol logo aos 4 minutos. Em contra-ataque rápido pela direita, a bola passou por Gabriel Pereira, que tocou a Paulo Sérgio. Este encobriu Fernando Henrique e fez 2x0. O Ceará diminuiu com Arthur, aos 40 minutos, aproveitando rebote do goleiro Max. Tanto Magno Alves quando Vinícius Pacheco desperdiçaram uma chance para cada lado e o jogo terminou assim: 2x1.

a

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.