Ainda vale muito

Inglaterra e Bélgica decidem 3º lugar da Copa

Neste sábado, às 11 horas, Inglaterra e Bélgica entram em campo para buscar a terceira posição da Copa

00:00 · 14.07.2018
foto
Apesar da decepção por não chegarem à decisão, os belgas buscam sua melhor campanha. Para o técnico Roberto Martínez o time pode ainda mais ( Foto: AFP )
Image-0-Artigo-2426793-1
Caso vença a partida, a Inglaterra alcançará o melhor resultado em Copas desde 1990. O técnico Gareth Southgate disse que o time jogará motivado ( Foto: AFP )

Bélgica e Inglaterra se enfrentam neste sábado (14), em São Petersburgo, às 11h (horário de Brasília), pela disputa do terceiro lugar e para sair da Copa do Mundo ainda mais motivadas e com a certeza que na Copa do Catar, em 2022 os times podem render ainda mais.

O jogo pela terceira posição também terá o atrativo do duelo de artilheiros entre o inglês Harry Kane e o belga Romelu Lukaku, que têm vantagem na briga pela Chuteira de Ouro do Mundial. Por enquanto, a vantagem é para o inglês, que lidera a disputa com seis gols contra quatro de Lukaku.

> França x Croácia: o mundo à espera do grande campeão
A Inglaterra realizou o último treino antes da partida pregando que estão bastantes motivados para o jogo contra a Bélgica. O atacante Harry Kane compartilhou uma foto da atividade e descartou qualquer falta de motivação para o confronto. Para o jogador, essa é a chance da seleção inglesa encerrar o mundial da Rússia "em alta". "Último treino desta Copa do Mundo. Hora de um último esforço para terminar em alta", escreveu o atacante.

Caso vença a partida, a Inglaterra alcançará o melhor resultado em Copas desde 1990, na Itália, quando terminou na quarta colocação. A escalação da equipe para a partida ainda é incerta. O próprio Harry Kane se colocou à disposição para entrar em campo, mas é provável que o técnico Gareth Southgate promova mudanças no time titular.

"Mentalmente foram dias difíceis. Ficamos a 20 minutos da final e depois estávamos fora. A razão de estar aqui seria ir à final. Voltar para São Petersburgo no dia seguinte foi difícil emocionalmente, e os jogadores foram incríveis e desejam terminar o torneio bem. Trouxemos muito orgulho para o país e queremos terminar bem. Queremos manter nosso padrão até o final", disse o técnico Gareth. Segundo o treinador, a exigência sobre a seleção inglesa será maior nos próximo anos.

"Vimos a ascensão de um time com sucesso na base. Sempre chegamos às semifinais e finais, e quando se chega a estas fases temos chances de ganhar. No próximo ranking estaremos no top-10 e este é o lugar que devemos estar", disse.

Bélgica

Apesar da decepção por não chegarem à decisão, os belgas buscam sua melhor campanha na história da competição, melhorando o quarto lugar conquistado no Mundial do México-1986.

"Só temos uma ideia na cabeça: deixar a Copa do Mundo com uma boa sensação. Daremos de tudo para terminar em terceiro. Seria um sucesso conquistar a melhor colocação da história da Bélgica", avaliou o técnico espanhol Roberto Martínez.

A "Geração Dourada" belga sonhava com o primeiro título mundial, mas agora precisa se concentrar em conquistar a medalha de bronze. "Em dois anos haverá uma nova Euro, onde os Diabos estarão ainda em forma e espero que façamos um bom torneio. A partir de setembro, teremos tempo de pensar nisso", declarou o goleiro Courtois.

foto

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.