treino normal

Guerrero ainda é impasse no Fla

00:00 · 13.07.2018
Image-0-Artigo-2426402-1
O jogador jogou a Copa por seu país com uma liminar concedida pelo Tribunal Federal da Suíça ( FOTO: AFP )

Em preparação final para retomar os jogos pelo Campeonato Brasileiro, o Flamengo vive um misto de confiança e irritação. O otimismo é pelo fato de estar na liderança da competição, quatro pontos à frente do segundo colocado, o Atlético Mineiro, e ainda ter reforços a estrear na sequência do torneio. Já o aborrecimento é porque há dúvida sobre a legalidade do retorno do atacante peruano Paolo Guerrero, que treina normalmente com os companheiros.

O jogador jogou a Copa do Mundo da Rússia por seu país com uma liminar concedida pelo Tribunal Federal da Suíça, a pedido da Federação Peruana de Futebol. O jogador estava suspenso por doping. Mas há dúvida se a liberação ocorreu apenas para as partidas do Mundial ou se vale também para as competições com a camisa do Flamengo.

Diante do impasse, a diretoria rubro-negra consultou a CBF sobre a condição do atleta. A entidade respondeu que não tem competência para sanar o questionamento e sugeriu ao clube acionar o tribunal suíço.

Impasse

Enquanto a situação não se resolve, o técnico Mauricio Barbieri trabalha com o atacante. Mas também testa possíveis substitutos diante do imbróglio jurídico. "É um jogador acima da média, nos ajuda muito. Se ele puder jogar, será bom para a gente, mas se ele estiver fora, tem o Uribe, que está chegando, o Lincoln, que tem treinado bem... Temos opções. Quem entrar vai dar conta do recado", disse o meio-campista Everton Ribeiro nesta quinta-feira, em entrevista coletiva.

Everton Ribeiro citou o colombiano Fernando Uribe, que treina forte para estrear na equipe. "Esse período está sendo muito bom para ele, que está chegando agora. É legal para a gente saber como ele joga, o jeito que prefere receber a bola. É muito bom para o time, quando começar ele já vai estar entrosado", avaliou o meia. Mesmo com a liderança folgada do Brasileirão, Everton Ribeiro afirmou que o Flamengo vai voltar ainda mais forte.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.