PASSEIO ALVINEGRO

Goleada impiedosa

04:26 · 28.02.2011
( )
Ceará atropela o Horizonte na semifinal do turno, vinga-se de 2008 e vai decidir o título com o Fortaleza

O Ceará confirmou o favoritismo, goleou o Horizonte no Castelão e está na final do 1º turno. O Alvinegro fez jus à campanha irretocável na 1º fase e atropelou o time horizontino por 4 a 0, vingando-se com sobras da semifinal de 2008, quando o Horizonte o eliminou. Na quarta-feira, às 21h50, o Alvinegro decide o turno com o Fortaleza.

Veja gols da partida



Respaldado pela liderança invicta na 1ª fase, o Ceará entrou em campo com a pressão do favoritismo. E isso parece ter influenciado no início de partida. Franco atirador, o Horizonte entrou mais à vontade em campo, buscando o gol desde o início. Só o Galo do Tabuleiro criou chances de gol até os 15 minutos. Aos cinco, quase abriu o placar com Lúcio Maranhão, de cabeça, mas o goleiro Fernando Henrique fez ótima defesa.

Veja galeria de imagens da partida



O Ceará, cauteloso nos minutos iniciais, só foi assustar o Horizonte aos 16, em finalização de Júnior que Jeferson espalmou. Já superior na partida, o Ceará abriu o placar aos 30 minutos. Após cruzamento de Vicente que desviou na zaga, Iarley tocou de cabeça para Júnior, que cabeceou sem chance para o goleiro Jeferson.

O gol tirou a tranquilidade do Horizonte, que passou a errar. Aos 34, e zagueiro Da Silva tentou sair jogando, tocou no pé de Júnior, que só não ampliou porque o goleiro tirou de carrinho.

E seis minutos depois, outra lambança, mas agora do Ceará. O volante Michel, em uma rara desatenção, perdeu a bola na entrada da grande área para Elanardo, que avançou e ao tentar driblar Fernando Henrique, caiu na área. No lance, o juiz deu cartão amarelo ao jogador por simulação.

Goleada

Assim como no primeiro tempo, Horizonte iniciou a segunda etapa atacando, mas quem marcou foi o Ceará. Aos nove, Iarley dominou na frente do marcador, e bateu forte para ampliar.

Mesmo com a vantagem, o Ceará não parou de atacar e poderia ter ampliado aos 22, quando foi marcado pênalti em Geraldo. Júnior perdeu a cobrança, defendida por Jeferson.

Mas o terceiro sairia três minutos depois, em uma bomba do volante Michel. Com o terceiro gol, o Alvinegro passou a se poupar, já sem Iarley, Geraldo e Júnior no campo.

Porém, aos 45, ainda deu tempo para o quarto gol do Vovô, com Nicácio, que ampliou o placar, fechando o passeio alvinegro no Castelão.

Ficha técnica

Ceará 4

Fernando Henrique, Fabricio, Erivelton e Cleber; Boiadeiro, Michel, João Marcos, Geraldo

(Sérgio Mota) e Vicente; Iarley (Osvaldo) e Júnior (Nicácio). Técnico: Dimas Filgueiras

Horizonte 0

Jefferson, Robert, Da Silva, Douglas e Gleibson (Isaac) ; Valter, Elanardo, Junior Cearense, Jack Chan (Willer); Lucio Maranhão e Siloé (Edgar). Técnico: Roberto Carlos

Competição: Campeonato Cearense - Semifinal do 1º turno.

Data: 27 de Fevereiro de 2011. Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE).

Árbitro: Wladyerisson Oliveira Assistentes: Arnaldo Rodrigues Sousa e Armando Lopes

Renda: R$ 214.180,00. Público: 16.460 pagantes. Gols: Júnior (30/1°T), Iarley (9/2°T), Michel (25/2°T) e Nicácio (45/2°T)

Cartões Amarelos: Boiadeiro (CEA), Da Silva, Válter e Elanardo (HOR)

FINALISTA
Jogadores do Ceará exaltam grande atuação da equipe

Ao fim da fase classificatória do primeiro turno, o Ceará colecionou boas estatísticas: líder invicto, melhor pontuação (29), melhor saldo de gols (15) e defesa menos vazada (7). Mas, para convencer totalmente, faltava bater o perigoso Horizonte na semifinal e garantir a vaga na decisão do turno.

E o Vovô conseguiu. Ao fim da partida de ontem, os jogadores alvinegros exaltaram, além da vaga, a atuação da equipe diante do Galo do Tabuleiro.

O goleiro Fernando Henrique, sempre seguro, ressaltou. "Foi o melhor primeiro tempo que o Ceará fez no ano". E completou. "Nós estávamos precisando de uma vitória assim, para acabar com qualquer dúvida que alguém ainda possa ter sobre o nosso time", avisa.

Já o zagueiro Fabrício exaltou o equilíbrio em campo demonstrado durante a campanha. "Estamos marcando bem e não sofrendo gols. E lá na frente estamos conseguindo fazê-los. Isso é devido ao equilíbrio do time", lembra.

Decisão

Sobre o Fortaleza, adversário na decisão do turno, os alvinegros mantêm o discurso cauteloso. "O Fortaleza vem crescendo nos últimos jogos. Será um clássico difícil. Temos que guardar energia para a grande decisão, já que atuamos em Cuiabá na quarta-feira e hoje diante do Horizonte", declarou Erivélton.

O zagueiro Cleber lembrou que, pela campanha, o Ceará fez por merecer estar na decisão contra o Fortaleza.

"Fizemos uma ótima campanha para chegar à decisão. Será um jogo difícil, mas temos que encarar o Fortaleza de frente e buscar a vitória", declarou o zagueiro do Alvinegro.

Saiba mais

Presença

Antes da partida, a diretoria do Ceará estava confiante quando à vitória e a presença de público. O presidente Evandro Leitão lançou um desafio. "O público de hoje do Ceará no Castelão será o dobro do jogo de ontem do Fortaleza". E faltou pouco. No sábado, o Fortaleza levou 8.273 pagantes ao Castelão, e o Alvinegro, 16.460.

Prestígio

O presidente do Vovô adiantou que, para a decisão do 1º turno, na quarta-feira, quer um árbitro local. "Precisamos prestigiar a arbitragem cearense, que vem melhorando de um ano pra cá". O Fortaleza pensa diferente e quer árbitro de fora para o jogo.

Contratações

O Ceará ainda vai contratar para o Estadual. Cinco reforços virão. Com a frustrada negociação com o atacante Mota, o Ceará busca dois atacantes, um meia, um volante e um zagueiro, que pode ser Diego Sacoman, fora dos planos do Corinthians.

Sinceridade

O jogador Elanardo, protagonista de um lance polêmico do jogo ainda no primeiro tempo, comentou a não marcação do pênalti pelo árbitro Wladyerisson Oliveira. "Não foi pênalti. Eu só fico na bronca pelo cartão amarelo que levei, pois escorreguei quando tentei driblar o goleiro, não tentei cavar", esclareceu o sincero atleta do Horizonte.

TRANSFERÊNCIA DE JOGOS
Questão ainda não está definida

A decisão da Federação Cearense de Futebol (FCF) de transferir três partidas da 10ª rodada do returno do Estadual para o próximo sábado, 5, será novamente colocada em pauta pelo presidente da entidade, Mauro Carmélio. "Segunda-feira (hoje), nós iremos conversar com os dirigentes de Ceará, Fortaleza e Horizonte - clubes que estão na Copa do Brasil -, assim como os seus adversários Crato, Tiradentes e Itapipoca para verificar as reais condições de jogo. Já que eles reclamaram tanto que a Federação toma decisões sem consultá-los, nós agora também passaremos a responsabilidade do término do campeonato para eles", explicou.

Veja entrevista com o presidente da FCF



De acordo com Mauro, caso os dirigentes não aceitem a realização dos jogos para o próximo sábado, a FCF avaliará a possibilidade de tais partidas serem encaixadas em dias da semana como quarta, quinta, sexta ou domingo. O presidente da FCF ainda confirmou que, em conversa com o comandante geral da Polícia Militar, Werisleik Matias, a segurança para as partidas de sábado está garantida. A afirmativa de Carmélio vai de encontro ao que informou o comandante da Companhia de Eventos da capital, major George Benício, que confirmou que não terá efetivo suficiente por conta do Carnaval.

VLADIMIR MARQUES
REPÓRTER

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.