série b

Fortaleza: manter regularidade

Depois de três vitórias consecutivas na Série B, Leão joga contra o Londrina buscando manter padrão

Meia-atacante Edinho disse que Leão está preparado para seguir líder ( Foto: Cid Barbosa )
00:00 · 01.05.2018 por Ivan Bezerra - Repórter

Vencer Guarani de Campinas na Arena Castelão, Boa Esporte em Varginha/MG e CRB novamente em casa, na capital cearense, foi um feito notável para um bom início de Série B. Mas, tudo o que o time comandado pelo técnico Rogério Ceni deseja é manter uma regularidade em outro desafio de grande proporção, às 16h30 de hoje no Estádio do Café, contra o Londrina/PR.

Se o Fortaleza vem motivado pela liderança e por três vitórias seguidas, o Londrina não fica atrás, mesmo estando na sétima posição. A equipe orientada pelo técnico Marquinhos Santos venceu a Ponte Preta no Estádio Moisés Lucarelli, na última rodada da competição e sua diferença para o líder é de apenas três pontos ganhos.

Após enfrentar o Londrina na tarde de hoje, o Leão só volta a intervir na Série B no dia 12 de maio, às 19 horas contra o Goiás, na Arena Castelão. Serão mais de 10 dias para o time ostentar uma liderança, caso consiga um resultado positivo. Se não vier a vitória, os leoninos querem ao menos somar pontos, dada a dificuldade de enfrentar o Londrina na casa do adversário.

O ambiente entre os atletas está tranquilo entre os jogadores e a confiança existe, por conta dos resultados obtidos. "O Londrina é muito forte, jogando no Estádio do Café. Venceu a Ponte Preta e isso dá uma motivação a mais para eles, mas é importante a gente manter o nível de concentração e uma regularidade. Temos que somar pontos", disse o volante Derley, que inclusive vai pedir desculpas ao árbitro da partida, Thiago Duarte Peixoto. No ano passado, houve um incidente entre ambos, o qual ocasionou uma pena de 180 dias para Darley, já cumprida, por sinal.

O centroavante Gustavo procurou retratar o ambiente interno entre os jogadores: "O grupo está numa expectativa muito boa . Fizemos uma partida maravilhosa contra o CRB, estivemos muito bem, onde colocamos em prática o que treinamos na semana. Estamos felizes e confiantes em conseguir mais um resultado positivo", disse Gustavo.

Os atletas do Leão também falaram sobre o nível de exigência nesse jogo, que será aumentado, em relação às partidas anteriores: "Esperamos fazer uma partida boa, sabemos da dificuldade que vai ser, mas o time está pronto, para se Deus quiser realizar um grande jogo e sair com um resultado positivo", disse o meia-atacante Edinho.

O técnico Rogério Ceni deve promover apenas uma modificação na equipe, que é a saída do lateral-direito Tinga, que está lesionado na coxa, para a entrada de Pablo, tal como ocorreu no jogo contra o CRB/AL.

No Londrina, o técnico Marquinhos Santos poderá contar novamente com o volante Germano, que jogou contr a Ponte Preta, após passar um longo período sem jogar, por causa de uma cirurgia no tornozelo.

Vice-líder

Quem também tem nove pontos em três jogos é o Figueirense, que vai até Pelotas (RS) para enfrentar o Brasil-RS, no estádio Bento Freitas. O time catarinense precisa manter os 100% de aproveitamento e torcer por um tropeço do Fortaleza para assumir a ponta. Já o adversário é o 15.º colocado e ainda não venceu, somando dois pontos.

Ainda sem pontuar e figurando na zona de rebaixamento, em 18.º lugar, o Criciúma recebe o CSA no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), para acabar com o jejum. A tarefa não será fácil, pois o time alagoano vem de uma goleada sobre o Oeste, por 5 a 1, e está na quinta colocação, com seis pontos.

O campeonato mal começou e já vai ter um duelo de desesperados. Sem pontuar a amargando a lanterna, o Boa recebe o Juventude, no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG).

A rodada continua nesta sexta-feira com o Paysandu defendendo os 100% de aproveitamento e será finalizada no sábado com três jogos.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.