copa do brasil

Ferrão em boa fase, almeja surpreender Sport na Ilha

00:00 · 15.02.2018
Image-0-Artigo-2362804-1
Recuperado de torção no tornozelo, centroavante Valdo Bacabal reforça o Ferroviário em jogo pela Copa do Brasil contra o Sport ( Foto: Reinaldo Jorge )
Sport x Ferroviário

Com uma sequência invicta de três jogos sob o comando do técnico Ademir Fonseca, o Ferroviário encara o seu maior desafio até o momento: o poderoso Sport de Recife, às 18h15 (horário de Fortaleza)na Ilha do Retiro, pela segunda fase da Copa do Brasil de 2018.

Os dois times passaram para a segunda fase com vitória. O Ferrão eliminou o Confiança/SE no Estádio Presidente Vargas, ao passo que o Leão da Ilha do Retiro, despachou o Santos do Amapá, no Estádio Zerão, ambos por 2 a 1 e agora se enfrentam.

O Ferrão põe os pés na Ilha do Retiro depois de 30 anos. A última vez que os corais enfrentaram o Sport em Recife, foi no Campeonato Brasileiro de 1981, quando o time pernambucano venceu por 2 a 0, gols de Roberto e Edson. De lá para cá, muita coisa aconteceu ao time da RFFSA e os dois não haviam mais cruzado suas trajetórias na Ilha do Retiro.

Regulamento

De acordo com o regulamento dessa segunda fase da Copa do Brasil, se houver empate, o classificado será escolhido através da cobrança de penalidades máximas. Quem vencer no tempo normal avançará para a terceira fase. O Ferrão está de olho em qualquer dessas possibilidades, pois a sua classificação renderá aos cofres corais, R$ 1, 4 milhão. Apesar das dificuldades de enfrentar um clube de Série A, o técnico Ademir Fonseca já advertiu que empenho, vontade e raça não faltarão à sua equipe.

O Ferrão ganhou o reforço do centroavante Valdo Bacabal, que se recuperou de uma torção no tornozelo e deve formar a linha de frente com Mota ou com Andrei. Ademir tem a chance de lançar três zagueiros, mas ele está preocupado com a meia cancha do Sport, a qual, considera ser o ponto forte, daí a possibilidade de ir com três volantes, Mazinho, Janeudo e Jean Carlos.

Sport

O técnico Nelsinho Baptista negou que alguns de seus jogadores tivessem perdido o foco no Pernambucano e na Copa do Brasil, por conta de propostas. Ele não terá o volante Rithelly, machucado, o mesmo acontecendo com o lateral-direito Raul Prata.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.