É Messi e mais dois - Jogada - Diário do Nordeste

Bola de ouro

É Messi e mais dois

07.01.2013

Por quebrar recorde histórico de gols em 2012, argentino é, mais uma vez, favorito contra Ronaldo e Iniesta

Na temporada passada, Messi conquistou apenas a Copa do Rei da Espanha pelo Barcelona, mas tem como trunfo ter batido uma marca que já durava 40 anos. Ele fez 91 gols em 2012, superando os 85 do alemão Gerd Müller em 1972 FOTOS: REUTERS


Quando parecia que Messi chegaria à Suíça sem o favoritismo habitual para levar o título de melhor jogador do mundo, o recorde de gols que o argentino atingiu em 2012 fez com que o quarto prêmio seguido do camisa 10 seja o resultado mais provável de acontecer hoje, às 15h (horário de Fortaleza).

Se for escolhido, Messi será o maior vencedor da Bola de Ouro, prêmio que a Fifa passou a conceder em 1991. Zidane e Ronaldo dividem a liderança atualmente com o craque do Barcelona _ três troféus para cada um.

Na temporada em que não conquistou nenhum título relevante com o Barcelona, Messi tem como trunfo ter batido uma marca que durava 40 anos. Ele fez 91 gols em 2012, contra os 85 do alemão Gerd Müller em 1972.

Azar de Cristiano Ronaldo e de Andrés Iniesta, os concorrentes. Eles ganharam taças mais importantes. O português do Real Madrid conquistou o Espanhol (temporada 2011/2012), superando Messi e o Barcelona.

Já Iniesta, companheiro de clube do argentino, foi um dos principais jogadores da Espanha no bi da Eurocopa, disputada na Ucrânia e na Polônia.

O Barcelona conquistou apenas a Copa do Rei da Espanha no ano passado, mas Messi compensou com gols e também teve boas atuações pela Argentina, que lidera as eliminatórias para a Copa do Mundo de2014.

O sistema de votação do prêmio de melhor do mundo faz com que atuações individuais sejam mais importantes do que títulos por clubes.

O português Cristiano Ronaldo foi o principal nome do título espanhol do Real Madri na temporada 2011/2012, superando até Messi e o Barcelona

Isso porque, além de jornalistas indicados pela revista France Football, parceira da Fifa, os técnicos e os capitães das 209 seleções filiadas também votam. Assim, aparecer com destaque na televisão conta muito. E ninguém apareceu mais que Messi.

Neymar quer o bi do melhor gol

Atacante brasileiro concorre pela obra-prima ao marcar um dos gols da vitória do Santos contra o Internacional por 3 a 1, pela Taça Libertadores FOTO: FOLHA PRESS

O atacante brasileiro Neymar, do Santos, defende na solenidade de premiação do Bola de Ouro, que ocorre logo mais em Zurique, na Suíça, o título de gol mais bonito da temporada.

Vencedor da disputa do Prêmio Puskas em 2011, Neymar declarou, em seu site oficial, que, independentemente do resultado, já considera uma vitória ser indicado ao prêmio de melhor gol do ano.

O atleta concorre com o gol marcado diante do Internacional, pela Taça Libertadores, em 7 de março do ano passado. Como rivais, ele terá o atacante colombiano Falcao Garcia, do Atlético de Madrid, e o eslovaco Miroslav Stoch, do Fenerbahçe.

"Só de estar na final ao lado de craques do futebol já é um orgulho para mim. Sempre falei que as premiações individuais são consequência do que faço no campo junto com meus companheiros. Sendo premiado ou não para mim já é uma vitória", declarou Neymar.

O anúncio dos finalistas foi feito em novembro e, desde então, a votação seguiu no site oficial da Fifa. O atacante, que voltou a usar o visual antigo _ sem cabelos e barba loiros _, agradeceu os votos.

Seleção do ano

Neymar concorre ainda à possibilidade de entrar para a seleção do ano da Fifa. Também disputam os zagueiros David Luiz (Chelsea) e Thiago Silva (Paris Saint-Germain), e os laterais Daniel Alves (Barcelona) e Marcelo (Real Madrid).

O meia Andrés Iniesta é companheiro de Messi no clube catalão e foi um dos principais jogadores da Espanha no bicampeonato da Eurocopa

Hoje também será divulgada a melhor jogadora de 2012. A brasileira Marta concorre ao lado das americanas Abby Wambach e Alex Morgan.

Garcia é o maior rival do brasileiro

Atacante colombiano Falcao Garcia fez golaço pelo Atlético de Madri, em maio de 2012, e conta com campanha de colombianos e espanhois FOTO: REUTERS

O principal rival do craque brasileiro Neymar para conquistar o bi no Prêmio Puskas, de gol mais bonito do ano, é o colombiano Falcao García, que tem uma campanha nacional a seu dispor.

A votação é pela internet e fãs de Falcao na Colômbia fazem campanha em redes sociais para que haja votação em massa no site da Fifa. Em maio, Falcão fez gol de voleio pelo Atlético de Madri ante o América de Cali.

Até seu clube participa da campanha. Em outubro, o Atlético lançou vídeo intitulado "Um Tigre de Ouro", mostrando feitos do atacante para tentar levá-lo à final do Bola de Ouro. Fora da premiação principal, o vídeo passou a valer para convencer os espanhóis a votar pelo gol.



 




Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999