série b

Doce e suado empate para o Vovô

Pio empata para o Ceará aos 49 minutos do segundo tempo e time conquista valioso ponto na Arena Castelão

00:00 · 21.10.2017 por Vladimir Marques - Repórter
ceara
O volante Pio marcou o gol de empate aos 49 minutos do segundo tempo ( FOTO: JL ROSA )
Infos de Ceara X Figueirense

Um empate com sabor de vitória. Assim pode ser descrito o placar em 2 a 2 do Ceará contra o Figueirense, na noite de sexta-feira no Castelão pela 31ª rodada da Série B.

O Alvinegro foi buscar um empate aos 49 minutos do 2º tempo, em golaço de falta de Pio, levando o torcedor que lotou o Castelão à loucura. O resultado foi bastante comemorado pelas circunstâncias do que foi o difícil jogo. Embora não tenha conseguido a quinta vitória seguida, o Vovô chegou ao 8º jogo de invencibilidade e aos 55 pontos, assumindo provisoriamente a vice-liderança. Para se manter no posto, o Alvinegro terá que torcer por uma derrota do América-MG, que recebe neste sábado o Paraná, 4º colocado com 52 pontos. O Vovô só volta a jogar no dia 28, sábado, às 16h30 (horário cearense), contra o Internacional, no Beira Rio.

Jogo elétrico

A partida no Castelão começou eletrizante com dois gols relâmpagos. Primeiro, o Figueirense surpreendeu o Ceará, e em contra-ataque rápido marcou o primeiro com Dudu Vieira: 1 a 0. Mesmo com o gol, a torcida alvinegra empurrou a equipe, que empatou logo em seguida, aos 5 minutos.

> Torcida do Ceará dá show e lota Arena Castelão

Após cobrança de falta, a defesa do Figueirense falha e a bola sobra para Lima fuzilar e empatar o jogo: 1 a 1. Aos 11, Lima deu uma bela arrancada, driblou dois e bateu por cima. Mesmo com iniciando a partida meio inseguro na defesa e meio campo, situação rara nos últimos jogos, o Ceará aos poucos tentava tocar melhor a bola e tentar tabelas. Com o adversário congestionando o meio campo e com marcação alta, o Ceará errava mais passes que o normal e pouco criava. Melhor jogador do Ceará no jogo, Lima era o que procurava mais jogadas e arriscou de longe aos 45, exigindo defesa do goleiro.

O segundo tempo começou com o Ceará tomando iniciativa do jogo, e atacando. Enquanto o Figueirense marcava forte e bem, dificultando a criação alvinegra. Aos 9, Lima lançou Leandro Carvalho, a mesma jogada do gol diante do Paraná, mas o companheiro estava um pouco adiantado.

O Ceará era ligeiramente melhor e quase fez o segundo em chute de fora da área de Leandro Carvalho, aos 28 minutos.

Mas o Figueirense fazia uma boa partida e bem armado, esperava apenas um vacilo do Vovô. E ele aconteceu aos 36 minutos: Joãozinho deu passe para Dudu Vieira, que livre de marcação, virou o marcador em chute de fora da área.

Empate e festa

A partir daí, nos minutos finais, o que se viu foi um Ceará buscando um empate na raça e de tanto insistir o gol veio, para fazer justiça pelo que foi o jogo. Aos 49 minutos, Pio bateu falta de muito longe e acertou o canto, marcando um golaço para explosão da torcida alvinegra: 2 a 2.

Após efusiva comemoração da torcida e dos jogadores, não havia tempo para mais nada e o Castelão comemorou um resultado importante na caminhada do Vovô rumo ao acesso.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.