França x Croácia

Diferença mínima

O duelo do próximo domingo (15), será marcado pelo equilíbrio técnico e tático entre França e Croácia

00:00 · 13.07.2018 / atualizado às 01:22
Image-0-Artigo-2426424-1
Griezmann representa esta nova geração francesa que buscará o segundo título mundial no domingo, contra a Croácia // Vindo de três prorrogações seguidas, a Croácia tem surpreendida o mundo com um preparo físico invejável ( FOTO: AFP )

Quando a bola rolar no próximo domingo (15), às 12 horas, para França e Croácia pela final da Copa do Mundo, o que o mundo do futebol verá é um equilíbrio técnico e tático entre os finalistas. Prova disso foi a seleção da semifinal da Copa.

Foram cinco selecionados de cada finalista, um empate absoluto, possibilitado só por Hazard, da Bélgica, único selecionado entre os times que vão disputar o terceiro lugar.

Entre os destaques da França estão o goleiro Lloris, que está na sua terceira Copa e vem sendo importante na trajetória francesa no mundial. O zagueiro Umiti, que marcou o gol que colocou o time na grande final. Os meias Kanté, Pogba e Mbappé, que segue candidato a craque do torneio da Rússia.

Mesmo nível

Do lado croata, as atenções serão voltadas para os laterais Vrsaljko e Strinic, que foram os responsáveis pelas jogadas nas pontas que levaram aos gols contra a Inglaterra. O zagueiro Lovren, apontado como um dos melhores defensores do Mundial. Ele foi a segurança da defesa croata no segundo tempo e na prorrogação. Destaque também para os meias Modric, candidato a ser o melhor do mundial e Perisic, o melhor jogador em campo nos dois últimos jogos da equipe na Copa da Rússia.

Leia ainda:

> Confira tabela da fase final da Copa do Mundo
> Árbitro argentino apitará final da Copa do Mundo
> Ingleses se dizem satisfeitos com campanha
> Em entrevista, Parreira defende Neymar e permanência de Tite
 
Na frente, o destaque da Croácia é Mandzukic. Aos 32 anos, a ideia é que já passou do seu auge. Pois bem, domingo ele pode ser o atacante da seleção campeão mundial. E seu gol contra a Inglaterra terá um papel fundamental nisso.

Problemas

Porém nem tudo são flores do lado da Croácia. Bem diferente da França, que poderá contar com força máxima para a partida de domingo, o técnico Zlatko Dalic afirmou não ter ideia ainda de quem mandará a campo no domingo (15) para a decisão da Copa do Mundo. A Croácia jigou três prorrogações para chegar na final, totalizando 90 minutos a mais do que a França.

"Não sei quem estará em forma suficiente para jogar. Só posso dizer que tenho 22 jogadores top e quem estiver no campo eu estarei satisfeito", afirmou o treinador.

"Os jogadores estão exaustos, cansados. Amanhã (sexta-feira) vamos ver como estão. Vamos ser o único time que terá feito oito jogos até a final e isso é muito difícil", destacou.

arte

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.