Coluna

Vai Encarar: Cyborg com moral no UFC

00:00 · 07.08.2017

A brasileira Cris Cyborg está mesmo em alta. Após conquistar o cinturão da categoria peso-pena feminino do UFC, ela ainda tem outro motivo para comemorar. Com a nova atualização do ranking geral, a curitibana já figura na 13ª colocação, à frente, inclusive, da baiana Amanda Nunes, primeira brasileira a ser campeã do Ultimate. Cris afasta, de vez, o fantasma da depressão, que a assombrou recentemente, e já tem até 'lutão' sendo programado para acontecer. Segundo a própria Cris, ela deve encarar Holly Holm.

Bem longe

Os fãs do UFC ficaram ansiosos com o desafio de Jon Jones ao ex-campeão dos pesados, Brock Lesnar. Só que o possível combate não irá acontecer este ano. Isso porque o gigante albino ainda está suspense por doping e deve estar à disposição só em 2018. Nesse intervalo, 'Bones' deve defender seu cinturão.

Holofotes

Passadas as emoções do card mais aguardado do ano, o UFC 214, o mundo da luta volta as atenções para o duelo de boxe entre Floyd Mayweather e Conor McGregor, a ser realizada no dia 26 deste mês. A novidade é que o combate deve ser disputado com luvas de '8 onças', com mais poder de nocaute.

Campanha

Image-0-Artigo-2278719-1

O cearense Rony Jason está disposto a dar a volta por cima no Ultimate ainda este ano. O peso-pena já começou a campanha nas redes sociais para fazer parte do card do UFC São Paulo, que será realizado no dia 28 de outubro. Campeão da 1ª edição do TUF Brasil, Jason lutou pela última vez em Fortaleza, quando perdeu para o canadense Jeremy Kennedy.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.