COLUNA

Tom Barros: vitórias e tropeços

tomb

Tom Barros

tom@diariodonordeste.com.br • Colunista da editoria Jogada.

00:00 · 23.08.2018

Com a pontuação elevada, obtida até aqui, o Fortaleza certamente passará sem maiores turbulências pelos demais obstáculos que terá até a 38ª rodada. Apesar das vitórias, dos compromissos com a aplicação e os objetivos ousadas, são normais tropeços pelos caminhos. Nada, porém, capaz de comprometer o que a equipe já alcançou em termos de vantagem sobre os demais concorrentes. Não se trata de "já ganhou". Muita gente até confunde e não sabe traçar a diferença entre soberba e acomodação. Soberba é orgulho de quem se acha superior, menosprezando o adversário. Já a acomodação decorre da ampla vantagem, mas sem a arrogância dos que tratam com desdém os adversários.

Sinal

Na derrota do Fortaleza para o CRB talvez tenha havido acomodação imperceptível. Também pode ter sido resultado de um desgaste maior, máxime pelo esforço anterior, onde teve de buscar a virada tanto diante do Guarani em Campinas, quanto diante do Boa Esporte no Castelão. Essas situações pesam.

Advertência

Verdade é que a derrota, mesmo injusta e com gol irregular do CRB, serve de alerta geral. Faltou ao Fortaleza a intensidade de antes. Algo não transcorreu como deveria transcorrer e o time, em momentos, nem parecia o líder absoluto diante de uma equipe ocupante apenas do 18º lugar, sua posição de então.

Recordando

Image-1-Artigo-2443320-1

13 de agosto de 2008. Assim se passaram dez anos... Creio que a própria torcida do Ceará pouco lembra do atacante Dennys que atuou pelo alvinegro em 2008. Dennys Richard Pena Lamego nasceu em Manaus. Ele, em 2006, jogara no Dínamo de Kiev na Ucrânia. Hoje, Dennys está com 33 anos. Encerrou a carreira em 2015 no Fast Clube de Manaus.

15ª rodada

O Ceará já está no returno, mas voltará ao primeiro turno no dia 29 de agosto, quando enfrentará o Bahia pela 15ª rodada. Interessante: aí a Série A já estará na 22ª rodada. São acomodações que não raro atrapalham como realmente atrapalhou o Ceará. O Vozão perdeu a folga que teria, antes de enfrentar o Santos.

Absurdo

O jogo do Ceará diante do São Paulo já será muito difícil por motivos óbvios. E ainda programaram para o Morumbi às 11 horas da manhã. Ora, 11 da manhã pode ser tudo, horário de missa, de culto evangélico, de teatro infantil, de almoço para quem gosta de comer mais cedo, de praia, tudo... Menos horário de futebol.

Bravo lutador

Image-0-Artigo-2443320-1

Não está fácil ao atacante do Ceará, Arthur, enfrentar as defesas adversárias. Como sozinho desbravá-las? Isolado no ataque, quase sempre é neutralizado, pois não há com quem trabalhar a jogada. Enorme tem sido o seu sacrifício. Lisca deve pensar como tornar de melhor proveito a presença de tão importante goleador.

Notas & notas.

Sempre que algum time cearense tenha de enfrentar equipes em que Neto Baiano esteja presente, o jogo já começará 1 a 0 para o adversário. Motivo simples: Neto Baiano sempre faz o gol dele. É incrível. /// Parabéns ao médico Russen Conrado pelo belo trabalho sobre a vida do cantor e compositor cearense Belchior. O livro "Belchior - O Silêncio do Amor" foi lançado ontem no Ideal Clube. "O livro é um preito de gratidão ao Belchior. E faz um louvor ao amor, sentimento tão nobre para todos nós".

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.