Coluna

Tom Barros: penúltimo ato da Copa

tomb

Tom Barros

tom@diariodonordeste.com.br • Colunista da editoria Jogada.

00:00 · 14.07.2018

Hoje, às 11 horas, em São Petersburgo, disputa pelo terceiro lugar na Copa da Rússia. Bélgica e Inglaterra voltam para casa com o mesmo sentimento de frustração. A Bélgica sonhou com o título. Acreditou mais nele quando despachou o Brasil, sua maior façanha, mas caiu ante o poderio francês. A Inglaterra sonhou também com o título. Imaginou-se bem perto dele quando fez 1 a 0 na Croácia. Mas caiu na virada dos croatas na prorrogação. A rainha Elizabeth deu passagem à presidente Kolinda Grabar-Kitarovic. Neste penúltimo ato, fica a impressão de que a disputa pelo terceiro lugar não tem graça, pois em campo dois perdedores. Mas não é bem assim. Já vi disputas bem interessantes por essa posição.

Legado

A Bélgica deixou para o mundo imagens positivas de Courtois, De Bruyne, Fellaini, Hazard e Lukaku. A Inglaterra deixou a imagem positiva de Harry Kane, Harry Maguire, Trippier, Dele Alli e Lingard. A frustração da perda do título não apaga a boa campanha dessas seleções. Ambas mostraram belo futebol.

Cortinas

Como diria o saudoso Fiori Gigliotti: "Fecham-se as cortinas, torcida brasileira". A Copa do Mundo vai chegando ao fim. Ainda o gosto amargo de ter visto a Canarinho voltar para casa mais cedo. Ainda estou convicto de que a Seleção Brasileira tinha tudo para estar na final amanhã no Estádio Lujniki. Lamento.

Recordando

Image-0-Artigo-2426359-1
31 de julho de 2005. Estreia do Ferroviário na Série C nacional. A partir da esquerda: Moré, Cícero César e Júnior Cearense. Detalhe: Moré estava comemorando o seu primeiro gol com a camisa do Ferroviário. O Ferrão goleou o Serrano (5 a 2). (Colaboração de José Maria - departamento de pesquisa do Diário do Nordeste).

Cenário

Foco agora no futebol interno. Fortaleza enfrenta o Atlético-GO hoje no Castelão. Expectativa sobre a produção tricolor. O que aconteceu no jogo passado deixou a desejar, máxime em razão de complicações na defesa. Jussani, Ligger e Boeck, em dois momentos distintos e infelizes, fizeram terrível lambança.

Retomada

A volta do Ceará, quarta, diante do Sport, é a grande expectativa. Primeiro pela ânsia da primeira vitória; depois, para saber o que Lisca preparou nestes dias de folga no calendário. Que formato? Terá ajustado as linhas a ponto de devolver à torcida a confiança perdida? A resposta só será possível com bola rolando.

Postura

Muito boa a entrevista dada por Leandro Carvalho à TV Diário. Falou de seus novos propósitos. Disse que seu comportamento inadequado à vida de atleta é coisa do passado. Ótimo. Então que repita em campo o que fez na primeira temporada em que aqui esteve. Poderá ser muito útil ao esquema de Lisca.

Curiosidades

Nas 21 edições da Copa do Mundo (1930/2018), a França participou de 15 (campeã 1998, vice 2006 e terceira 1958 e 1986). Amanhã fará sua terceira final. Enfrentará a Croácia. O técnico Deschamps poderá ser o terceiro desportista campeão mundial como técnico e jogador: 1º, Zagalo, Brasil (1958/1962 como jogador; 1970 como técnico); 2º, Beckenbauer da Alemanha (1974 como jogador;1990, como técnico). Deschamps foi campeão como jogador em 1998. (Dados: Airton Fontenele).

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.