coluna

Tom Barros: os novos desafios

tomb

Tom Barros

tom@diariodonordeste.com.br • Colunista da editoria Jogada.

00:00 · 11.08.2018

O Fortaleza inicia hoje a sua jornada no returno da Série B. Considerado campeão moral da primeira fase, tem boa margem para confirmar sua passagem para a Série A 2019. Só perde a vaga se negligenciar demais. Embora para muitos observadores o returno deva ser mais difícil, não creio tenha padrão tão diferente do que foi mostrado até aqui. O Fortaleza provou consistência ao abrir distância mediante programa criterioso, próprio para os certames de longa duração. O Leão já provou que sabe superar turbulências com chuvas e trovoadas. A não ser que haja um fato novo, capaz de mudar o rumo das coisas, não vejo como o Fortaleza deixar de ser favorito também no returno.

Adversário

O técnico do Guarani, Umberto Louzer, faz parte da nova geração de treinadores. Em 2017 foi auxiliar técnico do próprio Guarani. Em janeiro de 2018, quando Fernando Diniz deixou o Guarani, a diretoria do Bugre efetivou Umberto. Foi uma solução caseira. Até aqui seu trabalho tem sido regular.

Vitória

No chamado jogo de ida, no Castelão, o Fortaleza ganhou (2 x 1). A vitória veio apenas aos 49 minutos do segundo tempo, com um gol de falta cobrado à moda Ceni pelo atacante Gustagol. Daquele jogo para cá, os dois times mudaram muito. O Fortaleza cresceu e fez-se líder. O Guarani oscilou na faixa intermediária.

Recordando

Image-1-Artigo-2438320-1

9 de agosto de 2006. Faz 12 anos. Apresentação do atacante Sérgio Alves como novo jogador do Ferroviário. Sérgio Alves de Lima fez história no Ceará, time pelo qual teve bela festa de despedida em 2010. Depois foi técnico do próprio Ceará. Também treinou o Ferroviário. Como atleta Sérgio brilhou no Fluminense-RJ, Bahia, ABC, dentre outros.

Direto

O Ceará, no embalo de sua melhor apresentação, acontecida no jogo anterior, recebe no PV o Atlético-PR, vice-lanterna. Confronto direto para sair da zona de rebaixamento. O Ceará, após a Copa, mostra-se um time em evolução. O Atlético meteu 4 a 0 no Vitória e empatou (0 x 0) com o Corinthians no Itaquerão.

Desempenhos

Arthur fez jogo perfeito diante do Santos. Além do gol, a insistência, a persistência, a busca, o servir, a doação, trabalho, suor, garra, qualidade Série A. Juninho Quixadá em seguida. Felipe Azevedo não foi bem. Leandro Carvalho pode produzir mais. Sentida a ausência do Cardona. Esperança de nova vitória.

Prejudicado

O técnico Lisca tem razão. O Ceará deveria ter folgado a semana toda para pegar o Atlético-PR. Aí, por interesse de terceiros, foi obrigado a jogar com o Santos, partida da 20ª rodada. Além de ficar sem o tempo que teria para treinamentos, apertou a agenda, provocando grande desgaste para os atletas. Absurdo.

Notas & notas. A Série C cearense 2018 terá a volta do Calouros do Ar. No site da FCF consta a lista de nove clubes que disputarão essa divisão: Pacatuba, Campo Grande, Nova Russas, Calouros do Ar, Crateús, Crato, Juazeiro, Tianguá e Verdes Mares. /// A Taça Fares Lopes vem aí cheia de atrações e também terá nove participantes: Caucaia, Guarany de Sobral, Horizonte, Iguatu, Pacajus, Ceará, Fortaleza, Ferroviário e Floresta. É muita abnegação dessa gente.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.