coluna

Tom Barros: O Ceará surpreendeu

tomb

Tom Barros

tom@diariodonordeste.com.br • Colunista da editoria Jogada.

00:00 · 07.05.2018

Antes do jogo, havia o medo de o Ceará sofrer nova goleada. O golaço de Wescley, logo no início, gerou situação favorável ao Ceará. O Vozão ganhou confiança e transferiu a pressão para o anfitrião. Natural a reação do time paulista que ocupou o campo do Ceará. Forçou pelas extremas com Pedrinho e Marquinhos. Veio o empate como consequência. Henrique fez 1 a 1. Na fase final, logo no início, Elton perdeu a chance para desempatar. O Corinthians apertou. Criou momentos de gol com Maycon e Roger (duas vezes). O Ceará optou por segurar. Não entendi as substituições feitas por Chamusca. Por que não fez entrar Pio no lugar de Arnaldo e Arthur no lugar de Azevedo, que não estavam bem? O empate acabou sendo justo.

Composição

A volta de Ricardinho clareou mais a meia-cancha, que voltou a produzir bem porque recomposta com Richardson e Juninho. Numa manhã/tarde de pouca inspiração Arnaldo, Rafael Carioca e Felipe Azevedo. Impossível avaliar Hyuri, que substituiu a Felipe Azevedo. Hyuri poucas vezes participou. 

Alguns detalhes

Os corintianos reclamaram muito de dois lances em que entendem ter havido pênalti contra o Ceará. Revi muitas vezes os dois lances. Não houve pênalti em nenhum deles. /// Nos 15 minutos finais, com o Corinthians dando sinais de cansaço, tudo a favor da entrada do jovem Arthur, cheio de energia...

Recordando

Coluna Tom Barros

7 de maio de 2008. Assim se passaram dez anos... Treino do Fortaleza no Estádio Alcides Santos. A partir da esquerda: Gilberto Matuto e Rômulo. Detalhes. Gilberto, já agora com 36 anos de idade, estava no Centro Esportivo Alagoano. Rômulo Silvano da Silva, 41 anos, já encerrou a carreira. Teve passagens no futebol do Catar e de Portugal. 

Bem conhecidos

Hélio dos Anjos, ex-Fortaleza, é o técnico do Goiás, próximo adversário tricolor. Hemerson Maria, ex-Fortaleza, é o técnico do Vila Nova, time que assumiu a liderança da Série B, ultrapassando o Leão. Dado Cavalcanti, ex-Ceará, é o técnico do Paysandu (3º lugar), uma posição após o Fortaleza. Tudo perto.

Sempre ele

O técnico do Sampaio Corrêa, time do qual o Fortaleza trouxe agora o meia Marlon, é o conhecido Francisco Diá, que teve brilhante passagem pelo Icasa em 2013, quando subiu o Verdão para a Série B nacional. Francisco de Assis Ciríaco dos Santos nasceu em Natal. Está com 62 anos de idade.

Com a bola toda

Coluna Tom Barros

O primeiro tempo de Wescley, do Ceará, foi impecável. Além do golaço que marcou, criou as melhores situações ofensivas pelo lado direito e também na diagonal. Na fase final, mesmo não aparecendo como no primeiro tempo, foi de grade valia sua contribuição. Tem apenas de agradecer o belíssimo passe de Elton, que o deixou no ponto para disparar o tiro e marcar o golaço. Cássio saltou em vão. 

Noras & Notas. Desde criança, tenho admiração pelo Vasco, máxime pela camisa que acho bela. Melhor teria sido ficar fora da Libertadores que participar da forma que participou, ou seja, tomando goleadas. /// Parabéns ao casal Evandro e Dindja pelos 29 anos de casamento hoje. Com os filhos Camila e Rodrigo eles formam uma família alvinegra que sabe torcer com moderação e ética. Belo exemplo. /// Vi o Goiás em ação na derrota para o Vila Nova. Tem sérias limitações.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.