COLUNA

Tom Barros: Dois times na cola tricolor

tomb

Tom Barros

tom@diariodonordeste.com.br • Colunista da editoria Jogada.

00:00 · 03.05.2018

O Fortaleza cumpre ótima campanha na Série B nacional. É líder e invicto. Sem exigir demais, diria que o Leão poderia até ter continuado com 100% de aproveitamento. Pelas circunstâncias do jogo no Estádio do Café, houve condições, sim, de vitória do Leão. Passou. Agora é esperar o Goiás (17º) sábado próximo, às 19 horas, no Castelão. Por enquanto, torcida contra o Vila Nova e o Paysandu, únicos que poderão ultrapassar o Fortaleza ainda na atual rodada. O Paysandu, na sexta, dia 4, enfrenta o Sampaio no Castelão em São Luis. O Vila Nova enfrenta o Goiás no sábado, dia 5, no Serra Dourada, clássico deles. No mais, há que se notar o aperto com diferença mínima de pontos entre o primeiro e o quinto colocados. Série B é assim.

Regularidade

Quem, no momento, é o melhor jogador do Fortaleza? A maioria certamente responderá Edinho. Mas não deixem de examinar a regularidade de produção que também é de grande valia no cômputo geral. Quando se trata de regularidade, quero crer que Derley tem mantido padrão ideal em todos os jogos.

Diferente

A propósito de regularidade, não sei o que houve com o bom lateral-esquerdo Leonan no Estádio do Café. Parece ter entrado desligado do jogo. Errou passes perigosos que ensejaram contra-ataques do Londrina. Leonan sabe jogar. Tem condições até de ser titular, mas não esteve numa tarde feliz no Paraná.

Reinado de Arthur

Ricardinho e Arthur

O atacante Arthur vive um momento delicado pelo jejum de gols. A ausência de Ricardinho também reduziu as chances de Arthur, pois dos pés de Ricardinho nasciam muitos lances de gol. Cabe ao Arthur entender a situação e não se deixar dominar pelas dificuldades. É torcer pelo retorno de Ricardinho. Manter a serenidade será essencial.

Obsessão

O assunto da torcida do Ceara é contratação. Não adianta tentar alterar o mote. Os mais exigentes, se pudessem, mudariam quase o time todo. Não é por aí. Calma, gente. Novos jogadores estão chegando. O técnico Chamusca está apreensivo. Ele também está diante de um novo e sério desafio.

Modelo

O Ceará jogar fechado no Itaquerão será uma necessidade. Há que se reconhecer a diferença favorável ao Corinthians. Não custa lembrar Dimas Filgueiras, que obteve bons resultados em situações assim. Fechado, explorando contra-ataques, Dimas dobrou vários poderosos pelos gramados do Brasil.

95 anos

Mercy

Mercy, um volante que marcou época no América e na Seleção Cearense pela qual foi campeão do Norte em 1954. Hoje ele completa 95 anos. Nasceu no dia 3 de maio de 1923. Ontem falei com ele pelo telefone. Esta foto é de 1956, também de seu tempo na Seleção Cearense. Ele brilhou no América. Parabéns, Mercy.

Passagem. Há treze melhores segundos colocados em situação de vantagem para a próxima fase da Série D: Rio Branco, 4 pontos; Independente, 4; Nacional, 3; Interporto, 3; Altos, 4; Fluminense de Feira, 3; Treze, 4; Brasiliense, 3; Aparecidense, 4; Macaé, 4; Linense, 4; Mirassol, 4; Brusque, 3. Além dos 17 primeiros colocados, entram os 15 melhores segundos colocados. Assim, o Ferroviário (3º do A-4, 2 pontos) precisará de bom resultado, domingo, dia 6, em Porto Nacional no Tocantins. É a hora da reação.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.