COLUNA

Tom Barros: Ceará, novamente

tomb

Tom Barros

tom@diariodonordeste.com.br • Colunista da editoria Jogada.

00:00 · 13.03.2018

Tive de parar para examinar bem o calendário esportivo. Tenho medo de errar porque já não sei quando Campeonato Cearense, quando Copa do Nordeste, quando Copa do Brasil, tal a avalanche de jogos. Hoje é o certame estadual: Ceará x Iguatu. Vale a liderança, que no momento é do Fortaleza (7 pontos). Lá vem de novo a história da formação mista, alternativa, seja o que for. Ceará é vice-líder do Campeonato Cearense. É líder do Grupo D da Copa do Nordeste (9 pontos). Hora de recapitular: hoje, dia 13, tem Ceará x Iguatu; quinta-feira, dia 15, tem Ceará x Atlético-PR pela Copa do Brasil; sábado, dia 17, tem Ceará x Uniclinic. Time principal, misto, alternativo. Fica difícil de entender. Como cobrar do Chamusca?

Inusitado

Ceará é submetido a mais desgastes. Duvido que os bilionários times do Real Madrid, Barcelona, PSG, Liverpool, Chelsea e Bayer de Munique aceitassem imposição de desgaste assim para seus astros. Raciocínio simples: desgastar um Cristiano Ronaldo é reduzir sua vida de atleta, o que também seria reduzir lucros.

Preservação

Cuidar da saúde do atleta é garantia também de retorno financeiro. Abusar de sua condição física é antecipar o encerramento de sua carreira. É o que estão fazendo aqui no Brasil. Na minha avaliação, correto é a disputa de apenas dois jogos por semana. Acima disso é exploração imbecil porque "mata" o jogador.

Recordando

Image-1-Artigo-2373480-1

13 de março de 2008. Exatamente hoje faz dez anos que essa foto foi batida no Pici. A partir da esquerda: Paulo Isidoro e Lúcio. Ambos já encerraram a carreira. Paulo Isidoro (Alex Sandro Santana de Oliveira, seu verdadeiro nome), 44 anos, mora em Minas. Lucenilde Pereira da Silva, o Lúcio Bala, 43 anos, mora em Alvorada do Tocantins.

Amanhã

Amanhã, às 21h45, O Fortaleza volta a campo. Enfrentará o Floresta no Domingão. Foi lá que no jogo anterior o Leão ganhou do Uniclinic (1 x 0), placar minguado, gol de Tinga. Aliás, o Fortaleza não jogou bem. A falta de disposição geral foi notória. Não entendi a desmotivação coletiva. Tinga foi a salvação.

Consequência

Se o Ceará ganhar do Iguatu, assumirá a liderança do "estadual". Aí o Fortaleza terá de reencontrar a motivação, pois o próprio Floresta encostou após ganhar do Iguatu. Reduziu a três pontos a vantagem do Fortaleza. Ceni tem de dar uma sacudida, pois o grupo andou cochilando no jogo passado.

Retomada

Image-0-Artigo-2373480-1

Andrigo voltou a jogar futebol de qualidade. Na vitória sobre o Sampaio, reabilitou sua imagem de atacante eficiente no drible, lúcido no passe e preciso na conclusão. Este é o Andrigo que a torcida aplaude. O de antes, dizem os entendidos, parecia amarrado por obediência tática. Então, desamarrem o homem...

Gratidão. Do zagueiro cearense, Anderson Martins, que hoje está no São Paulo, recebi uma camisa do Vasco, da época em que ele jogou no Rio. Atitude simpática pela lembrança que ele teve de mim, embora a tanto tempo longe. Passou seis anos no futebol árabe. Já brilhara no Corinthians. Foi campeão da Copa do Brasil pelo Vasco em 2011. Ao Anderson e à sua família, que me escuta todas as manhãs na Verdinha, a minha gratidão. É mais um cearense vitorioso que não jogou em time daqui. Boa sorte, amigo.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.