COLUNA

Tom Barros: Agora os gaúchos

tomb

Tom Barros

tom@diariodonordeste.com.br • Colunista da editoria Jogada.

00:00 · 21.10.2017

O Ceará segue no G-4. Quem está nesta faixa é muito mais visado que os demais concorrentes. E, quando pega times ameaçados de rebaixamento, aí é que a porca torce o rabo. Pois é assim, mediante situações, ora favoráveis, ora adversas, que o Vozão terá de encarar os próximos adversários. Vem a dureza do futebol gaúcho, de muita pegada e marcação. O dois próximos jogos serão no Rio Grande do Sul. O diante do Inter, no Beira-Rio, é teoricamente mais difícil. Basta ver como o Internacional soube se impor aqui no Castelão, ganhando do Ceará por 2 a 0. A torcida do Ceará deve entender que alguns tropeços poderão acontecer. Mas o importante é não perder a confiança a tanto custo conquistada.

Sequência

No sábado, 28 de outubro, o Ceará enfrentará o Inter no Beira-Rio. Na sexta-feira, 3 de novembro, enfrentará o Juventude, que tem no comando Gilmar Dal Pozzo, ex-técnico do Ceará. O Juventude tem oscilado. Apesar de não manter regularidade de produção, é sempre difícil dobrá-lo no Estádio Alfredo Jaconi.

Por etapas

Quero acreditar que o melhor para o Ceará é mesmo o planejamento jogo a jogo, independente da colocação do adversário. Na reta final, o desespero dos pendurados dá à partida um perigoso aspecto de decisão. E jogo decisivo, quer na parte alta, quer na parte baixa da tabela, costuma ser complicado.

Recordando

Image-0-Artigo-2313425-1

Década de 1950. Time de aspirantes do Fortaleza. A partir da esquerda (em pé): Português, Toninho, Rominho, ? , Renato e Louro. Na mesma ordem: Roosevelt, ? , Mazinho, José Flávio e Cabo Lucas. Detalhe: o saudoso Renato foi câmera da TV Verdes Mares durante muitos anos. (Álbum de Serginho, empresário do setor de ar condicionado).

Reforma

Em 2016, o Fortaleza mandou embora quase todo o time que perdera a vaga na Série B 2017. Aí montaram um novo time para 2017, mas este se danou a perder. Foi eliminado da Copa do Brasil, da Copa do Nordeste e da final do campeonato cearense. Sequência de fracassos que mais desacreditaram o time.

Resultado final

Ora, amigos, pois esse Fortaleza desacreditado foi o que fez o que os outros melhores não fizeram. Mesmo com limitações, no início com Bonamigo e depois com Zago, o Leão ganhou a vaga na Série B e, além disso, ainda tem o direito de, apesar das desvantagens, lutar pelo título. O Fortaleza é assim.

Mérito divido

Image-1-Artigo-2313425-1

Entendo os que enaltecem a contribuição do ex-técnico Bonamigo na montagem do Leão. É verdade. Mas o técnico Zago (foto) tem também seus méritos porque nas mãos dele colocaram os jogos da definição: contra o Moto, em que não poderia perder, pois seria eliminado, e os do mata-mata. Méritos divididos para os dois.

Notas & notas. É lamentável ver três times do Nordeste nas três últimas colocações da Série B: Santa Cruz (18º, 30 pontos), Náutico (19º, 27 pontos) e ABC (20º, 22 pontos). /// Já na Série A, pelo menos até o presente momento, os três representantes do Nordeste estão se mantendo fora da zona de rebaixamento: Bahia (13º, 35 pontos), Sport (14º, 35 pontos) e Vitória (16º, 33 pontos). Mas não há nada seguro, pois o primeiro da zona de rebaixamento, a Ponte Preta (17º) está com 32 pontos. Faltam ainda oito rodadas.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.