Coluna

Tom Barros: A todo vapor

tomb

Tom Barros

tom@diariodonordeste.com.br • Colunista da editoria Jogada.

00:00 · 03.01.2018
 
 
 
 

2018 começou com tudo. Não falta mais ninguém para iniciar os trabalhos desta temporada. Ontem, foi a vez do Ceará estrear a sua preparação. São apenas 14 dias antes da primeira partida na Copa do Nordeste. Pouco tempo para uma pré-temporada, porém, aceitável para os planos de Marcelo Chamusca. O treinador já tem um time-base em mente, e ele veio daquele que conquistou o acesso em 2017. A preocupação agora é mais pela questão física ou de lesão. Os atletas passaram por intensa avaliação ontem. No CT Ribamar Bezerra, a preparação segue com tudo, e Rogério Ceni já esboça também uma equipe que pode iniciar o Campeonato Cearense. Agora, é questão de dias para ver os frutos deste trabalho nos clubes.

 

Mudanças físicas

Empolga também, além da qualidade das contratações, os investimentos que o Vovô e Leão estão fazendo em seus clubes em infraestrutura. No Pici, o gramado ganha nova cara, além de academia. Ontem, em Porangabuçu, se viu um grande canteiro de obras, onde melhorias acontecem para dar melhores condições aos atletas.

 

Frutos de 2017

O que está acontecendo no futebol cearense nada mais é do que fruto do que foi conquistado em campo em 2017. Uma série de avanços que já são sentidos mesmo sem a bola rolar. Agora é esperar para ver como será o desenrolar da temporada dos nossos representantes, se as expectativas se cumprem.

 

Recuperação

A volta à vida do Ferroviário também é mais um ponto importante nesta boa fase do futebol cearense. Sempre se notou a ausência desta grande força do futebol alencarino. Há muito tempo não se via tantos boas opções na Barra do Ceará e tantas possibilidades durante um mesmo ano. Avante, Ferrão!

 

* A coluna foi redigida interinamente por Gustavo de Negreiros

 

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.