SNOWBOARD

Cearense dá show na neve

01:14 · 03.08.2010
( )

A ficha ainda não caiu para o atleta nativo da Cidade 2000 que estreou na modalidade faturando já um título brasileiro

"O cearense entrou numa fria!" e "calango do deserto". Assim a torcida na cidade de São Roque/SP saudou o atleta Esdras Luiz Santos Rocha Cavalcante, o Esdras Tikinho, antes da sua participação no VII Desafio Brasileiro de Snowboard Pilão Intenso.

Mas após executar manobras como front flip (mortal para frente) e black flip (mortal para trás), o cearense Tikinho arrancou aplausos e gritos de admiração dos torcedores, impressionou jurados e ficou com o título do VII Desafio Brasileiro de Snowboard na categoria Open.

A competição com aval da Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) foi realizada no dia 24 de julho passado.

Inédito

E a façanha de Esdras Tikinho é mais incrível porque ele é atleta do sandboard (esporte no qual o competidor desce as dunas também numa prancha) e pela primeira vez disputou uma competição nacional de snowboard.

"As manobras que eu já executava no sandboard foram o principal trunfo para conseguir me sair bem e faturar o título no Brasileiro em São Roque", afirmou o cearense Esdras Tikinho.

"Foi a descoberta de um talento incrível. Esdras mostrou que para ele estar na areia ou na neve não faz muita diferença. Pois ele está sempre nos pódios dos eventos de sandboard", comentou um diretor da modalidade snowboard da confederação.

Adaptação

Habituado ao sol escaldante de Fortaleza, Esdras teve dificuldades de adaptação em São Roque. "O Brasileiro estava marcado, anteriormente, para o dia 17/07. E quando cheguei estava chovendo muito na cidade, o que fez os organizadores adiarem as provas para o dia 24/07. E ainda enfrentei temperatura de oito graus. No primeiro dia tive que usar duas calças e quatro camisas para aguentar o frio, mas após três dias estava acostumado", descreveu o atleta.

A pista onde rolaram as provas do VII Desafio Brasileiro de Snowboard tinha 200m de extensão, sete obstáculos e uma área de salto. Para cobrir tudo isso, mais de 100 toneladas de gelo picado para simular neve. Na Open, 18 participantes competiram e Esdras Tikinho garantiu o lugar mais alto do pódio.

MOACIR FÉLIX
Repórter

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.