temporada

Ceará e Fortaleza: objetivos diferentes na largada

Alvinegro e Tricolor partem para semana de estreia na temporada 2018 com metas diferentes para o primeiro semestre, mas os rumos podem ser alterados com os resultados projetados para o início da temporada

Clique na imagem para ampliar
00:00 · 13.01.2018 por Ivan Bezerra e Vladimir Marques - Repórteres

Motivados pelos dois acessos, o fortaleza para a série b e o ceará para a série a, ambos criaram uma expectativa extremamente positiva para um começo de ano.

São motivações distintas, porque os dois clubes de maior torcida do estado têm interesses um tanto diferentes em 2018. O leão do pici conseguiu o seu grande feito do ano de 2017, que foi retornar à série b, entretanto, não se classificou para a copa do nordeste nem copa do brasil, por isso o foco total no início da temporada é o campeonato cearense, única competição até o nacional.

LEIA AINDA

Em jogo treino, Vovô goleia por 10 a 0
Leão testa forças contra o Gama/DF

Diferentemente, o vovô terá um calendário pesado, disputando paralelamente copa do nordeste, copa do brasil e campeonato cearense até chegar a série a.

O leão do pici estreia no estadual no próximo dia 17, às 21h30 no pv, contra o uniclinic, largando no seu grande objetivo do primeiro semestre, que é chegar ao título estadual. Com isso, estará fortalecido o trabalho do técnico rogério ceni e ao mesmo tempo assegurada a copa do brasil.

O primeiro jogo do alvinegro na temporada será pela copa do nordeste, dia 16, às 21h45 no estádio cornélio de barros contra o salgueiro e três dias depois estreia no estadual, contra o guarani/j, às 19 horas no pv.

E os calendários tão diferentes refletiu na formação dos elencos de ambos. O leão procurou formar um elenco enxuto, com 30 jogadores, mas contando com os garotos da base. "nós podemos focar totalmente nas duas competições (estadual e série b), porque elas ocorrerão num período diferente", disse o presidente do leão, marcelo paz.

Pelas três competições paralelas que terá até a série a, o ceará formou um elenco mais numeroso, com 35 jogadores. O técnico do vovô, marcelo chamusca, explicou que o clube não priorizará nenhuma competição e que dois times serão formados para se revezarem nas partidas.

"no primeiro momento, daremos a mesma atenção para todas as competições. Mas quando a bola começar a rolar, faremos a leitura, jogo a jogo. Tudo depende da performance. O importante é que formamos um grupo grande para disputá-las, formando dois times e alternaremos jogadores".

Pernas

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.