Campeonato Brasileiro - Série A

Ceará: chegou a hora das grandes vitórias

Após empate em casa na rodada anterior, Ceará busca vencer a primeira contra um pressionado Flamengo, no Castelão

Atacante Arthur realizou atividade de aquecimento no Castelão ( Foto: JL Rosa )
00:00 · 28.04.2018 por Vladimir Marques - Repórter

Uma vitória fundamental. Assim pode ser descrita a importância dos 3 pontos para o Ceará neste domingo, 29, contra o Flamengo no Castelão, às 16 horas pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

Afinal, após dois jogos - a derrota fora na estreia contra o Santos por 2 a 0 e o empate sem gols diante do São Paulo no Castelão na rodada anterior - vencer um dos maiores clubes do país representaria um cartão de visitas do Ceará na elite do futebol nacional, uma demonstração de força para a sequência da competição. O adversário do Alvinegro, o Flamengo, vem extremamente pressionado pela torcida após as atuações nada empolgantes na temporada, sendo a última, um insosso empate sem gols pela Libertadores na última quarta-feira, situação que pode forçar o técnico Maurício Barbieri, pelo desgaste, a escalar uma equipe mista ou até reserva.

Uma vitória do Vovô, somada a uma rodada favorável pode deixar o Alvinegro na 11ª colocação com 4 pontos, na zona de classificação da Copa Sul-Americana.

Evolução

Se no empate sem gols diante do São Paulo já houve uma evolução técnica da equipe alvinegra, jogando um futebol mais seguro defensivamente, o setor de frente ainda precisa ser mais efetivo, já que foi pouco produtivo nas duas primeiras rodadas.

"Defensivamente o time já evoluiu, está mais seguro, mas precisamos ser letais no ataque. Na Série A, aparecerão uma ou duas chances e temos que aproveitar", alertou o volante Juninho. Para vencer, o técnico Marcelo Chamusca aposta na solidez defensiva dos 3 zagueiros vista diante do São Paulo e na entrada de um jogador essencial e dinâmico no meio-campo: Richardson. Recuperado de lesão na coxa que o tirou do 2º jogo da final do Campeonato Cearense, o volante treinou como titular e deve atuar no lugar de Pio. No mais, deve ser mantida a mesma formação que atuou diante do São Paulo, com o setor de frente formado por Wescley, Felipe Azevedo e Arthur.

O centroavante camisa 40, que completou 20 anos no dia 25, espera 'desencantar' na Série A, mas para ele, o mais importante é o Ceará vencer.

"Uma vitória seria o melhor presente possível para mim nesse momento. Vamos pensar na vitória do Ceará e o gol será consequência. Enfrentaremos um adversário muito forte, como muita camisa, que é o Flamengo, mas o Ceará precisa vencer a primeira na Série A".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.