fórmula 1

Briga acirrada no GP da China

Pilotos de Mercedes, Ferrari e Red Bull prometem ditar o ritmo na terceira etapa da temporada, em Xangai

Lewis Hamilton disse que foi possível realizar diferentes testes nos treinos livres de Xangai, com o seu carro reagindo bem ( Foto: AFP )
00:00 · 14.04.2018

A Mercedes liderou os dois treinos livres dessa sexta-feira para o GP da China, que será realizado na madrugada deste domingo, às 3h (horário de Brasília). Mesmo com Lewis Hamilton na frente, o resultado das atividades no Circuito Internacional de Xangai não iludem a equipe. Com uma diferença de apenas 0s108 entre a melhor volta do piloto britânico e o quarto colocado Sebastian Vettel, da Ferrari, a expectativa é para uma disputa acirrada no restante do fim de semana da 3ª etapa da temporada 2018 da Fórmula 1.

Na avaliação de Hamilton, a Ferrari será uma dura concorrente. Além disso, o atual campeão mundial apontou que o ritmo de corrida da Red Bull pode causar problemas no domingo. "A Ferrari é bem rápida. A Red Bull foi realmente rápida no trecho longo. Mas é bom ver todos os tempos tão perto", afirmou o britânico.

Hamilton também fez uma avaliação positiva dos trabalhos desenvolvidos, apontando que foi possível realizar diferentes testes nos treinos livres, com o seu carro reagindo bem. "Foi um bom dia. Passamos por todas as voltas que precisávamos. Temos um bom feedback sobre o carro. Estamos progredindo nas sessões e temos uma boa ideia", disse o britânico.

Inspiração

O próprio desempenho de Max Vestappen no GP da China de 2017 serve como inspiração para o holandês. Afinal, no ano passado ele largou apenas da 16º colocação, mas conseguiu subir ao pódio, em terceiro lugar. Nesta sexta-feira, ele foi o quinto melhor nos dois treinos livres em Xangai. "Acho que na corrida seremos competitivos e nesta pista você pode ultrapassar", disse o holandês. "O ritmo, especialmente nos trechos longos, foi muito bom", concluiu.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.