arbitragem polêmica

Atlético derrota o Corinthians em BH

00:00 · 30.04.2018
Image-0-Artigo-2394032-1
Atlético-MG mandou no primeiro tempo. O time mineiro ainda teve um gol anulado ( FOTO: BRUNO CANTINI / ATLÉTICO )

Sob os olhares do técnico da seleção brasileira, Tite, que esteve no estádio Independência, em Belo Horizonte, neste domingo, e com uma arbitragem polêmica, o Corinthians perdeu a sua invencibilidade no Campeonato Brasileiro, em sua terceira rodada, ao ser derrotado por 1 a 0 para o Atlético Mineiro. A equipe do técnico Fábio Carille jogou mal, mas conseguiu suportar a pressão adversária até os 41 minutos do segundo tempo quando sofreu um gol irregular de Róger Guedes - o ex-palmeirense fez falta em Mantuan.

O lance mais polêmico do jogo veio aos 37 minutos do 1º tempo. Otero cobrou escanteio, a bola foi desviada, resvalou na mão esquerda de Ricardo Oliveira e bateu na trave. Róger Guedes aproveitou o rebote e fez o gol. O árbitro paraense Dewson Fernando Freitas da Silva validou o lance, mas depois de consultar o auxiliar que fica atrás do gol anulou o lance.

Na sequência, aos 44 minutos, o Corinthians teve um pênalti não marcado pelo árbitro. Maycon foi puxado dentro da área por Patric, mas Dewson Fernando Freitas da Silva mandou seguir.

Tudo igual

Em jogo no qual as traves levaram a melhor em quase todos os duelos contra os jogadores, Fluminense e São Paulo superaram os postes e o respectivo adversário uma vez cada para empatar em 1 a 1, neste domingo, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, em confronto válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

O time visitante abriu o placar com Militão, ainda no primeiro tempo. Já aos 43 minutos da etapa final, Pedro, de cabeça, deixou tudo igual. O resultado levou os são-paulinos, que permanecem invictos no campeonato, aos cinco pontos. Já os cariocas foram a quatro.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.