11 mortos

Tufão e tremor afetam Japão

00:00 · 06.09.2018

Osaka/Sapporo. Em sua passagem pelo Japão, o tufão deixou 11 mortos, mais de 600 feridos e muitos danos materiais, além de ter provocado o caos no aeroporto de Kansai, em Osaka.

O 21º tufão da temporada na Ásia, com ventos de 160 km/h em seu centro e rajadas de 220 km/h, atravessou o arquipélago a partir do sudoeste em direção ao norte, onde perdeu força até virar uma tempestade.

Jebi, tufão mais potente a atingir o Japão desde 1993, não provocou tantas vítimas como outros fenômenos da última década. Em outubro de 2013, o ciclone Wipha matou 43 pessoas. E em setembro de 2011, o tufão Talas deixou 82 falecidos.

Susto

Além do tufão Jebi, um forte sismo de 6,6 graus de magnitude sacudiu a ilha japonesa de Hokkaido (norte). O Serviço Geológico dos EUA não emitiu nenhum alerta de tsunami.

O tremor ocorreu 62 km ao sudeste da capital regional, Sapporo. Pouco depois houve uma réplica de 5,3 graus de magnitude. Houve uma pequena elevação do nível do mar na zona, mas sem maior impacto.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.