Retaliações

Trump nega viver 'guerra comercial' com a China

00:00 · 05.04.2018

Washington. O presidente americano Donald Trump afirmou ontem que os EUA não estão em uma guerra comercial com a China, no momento em que os dois países provocam um abalo no mercado com medidas de retaliação recíprocas. Há um mês, EUA e China estão envolvidos em uma disputa comercial provocada pela decisão americana de impor tarifas às importações de aço e alumínio.

"Não estamos em uma guerra comercial com a China, esta guerra foi perdida há muitos anos pelas pessoas tolas, ou incompetentes, que representavam os EUA", tuitou Trump.

"Agora temos um déficit comercial de US$ 500 bilhões por ano, com o Roubo de Propriedade Intelectual de outros 300 bilhões. Não podemos permitir que isto continue".

Os comentários foram feitos após a divulgação dos planos de Pequim de aplicar tarifas que afetarão as exportações dos EUA em até US$ 50 bilhões - incluindo soja, veículos e aviões.

A medida foi uma resposta às tarifas anunciadas por Trump contra produtos chineses, também no valor de US$ 50 bilhões, ante o que considera o roubo por parte de Pequim de propriedade intelectual e tecnologia.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.