Indonésia

Terremoto mata pelo menos 82

00:00 · 06.08.2018 / atualizado às 00:08
1
Na cidade de Mataram, onde o abalo sísmico destruiu casas, o fornecimento de energia foi cortado ( Foto: AFP )
Jacarta. Ao menos 82 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas no grave terremoto que abalou, ontem, a ilha indonésia de Lombok, apenas uma semana depois de outro tremor mortal no mesmo lugar.

O epicentro do novo terremoto de 7 graus de magnitude ficou a 10 km de profundidade, segundo o serviço geológico dos Estados Unidos. Ele foi seguido por dois tremores secundários - um de 5,4 graus de magnitude - e cerca de 20 réplicas. 

As autoridades lançaram um alerta de tsunami, retirado mais tarde. A água do mar invadiu, contudo, dois pontos da costa. O tremor foi sentido na ilha de Bali, um dos destinos turísticos mais populares da Indonésia, onde as pessoas foram às ruas apavorados. Também provocou danos leves na cidade javanesa de Bandung, a 955 km de distância. 

Este é o segundo terremoto a atingir Lombok em uma semana. Em 29 de agosto, um de 6,4 graus (com profundidade menor), deixou 17 mortos e destruiu centenas de edifícios. Segundo os socorristas, a maior parte dos danos ocorrem na principal cidade da ilha, Mataram. 

Indonésia, um arquipélago de 17 mil ilhas e ilhotas, está localizada no “cinturão de fogo” do Pacífico, uma área de forte atividade sísmica. Em 2004, um tsunami desencadeado por um terremoto, deixou 220 mil mortos em vários países do Oceano Índico (168 mil na Indonésia).

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.