Frio extremo

Tempestade nos Alpes deixa seis mortos

00:00 · 01.05.2018

Genebra. Quatro montanhistas e dois alpinistas morreram nos Alpes suíços e cinco outras pessoas foram hospitalizadas em estado grave depois de terem sido forçadas a passar a noite a mais de 3.200 metros de altitude, anunciou ontem a polícia do cantão de Valais (sul).

Os quatro montanhistas faziam parte de dois grupos de 14 esquiadores italianos, alemães e franceses que faziam uma trilha no setor de Pigne d'Arolla (3.796 m), quando foram surpreendidos por uma tempestade.

Alertado ontem pela manhã, o serviço de resgate enviou sete helicópteros transportando vários médicos e guias socorristas para encontrar os montanhistas desaparecidos. Muitos já apresentavam um quadro de hipotermia e uma pessoas já estava morta, segundo a polícia.

Transportados para diferentes hospitais da região, três pessoas não resistiram. As vítimas ainda não foram identificadas.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.