caso raro

Tumor de quase 60 kg é retirado de ovário de professora nos EUA

Três meses após a cirurgia a professora voltou às atividades normais e poderá ter filhos, dizem os médicos

18:45 · 05.05.2018
Foto
Foto de cima mostra o tumor de quase 60kg e abaixo o abdômen da mulher após a cirurgia ( Fotos: Hospital de Danbury/EUA/Divulgação )

Um tumor de quase 60kg foi removido do ovário de uma mulher na cidade de Connecticut, Estados Unidos. A cirurgia para a retirada do tumor foi realizada em 14 de fevereiro, mas o caso só foi divulgado agora, três meses depois, quando a  paciente que é professora, retomou sua rotina e atividades normais.

A mulher não teve sua identidade revelada, mas um dos médicos que trataram do caso, em entrevista à rede CNN, disse  que o tumor começou a crescer 4,5 kg por semana desde novembro de 2017.Devido ao rápido ganho de peso, a paciente procurou o ginecologista, que constatou a grande massa ovariana após uma série de exames.

“Eu poderia esperar ver um tumor de 11kg, mas um de 60kg é muito raro. Quando conheci a paciente, ela estava extremamente desnutrida porque o tumor estava em seu trato digestivo. Ela usava uma cadeira de rodas por causa do peso do tumor”, afirmou Vaagn Andikyan, médico oncologista ginecológico do Western Connecticut Health Network.

Apesar do tamanho anormal, o tumor era benigno, ou seja, não cancerígeno, segundo os médicos, entretanto representava uma ameaça para a mulher já que comprimia os vasos sanguíneos próximos.

Três meses após a cirurgia, a paciente está se recuperando bem e voltou a trabalhar como professora. "Felizmente ela não exigiu nenhum tratamento adicional. Ela está de volta a uma vida normal, está de volta ao trabalho e, quando a vi em meu escritório, vi sorrisos, vi esperança e vi uma mulher feliz que estava de volta a sua vida normal e a sua família ", acrescentou o médico Andikyan, em entrevista à CNN.

Com informações do G1

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.