Combate ao narcotráfico

Texas e Arizona anunciam envio de tropas à fronteira com México

A Guarda Nacional do Texas informou que enviará 250 homens à fronteira nas próximas 72 horas enquanto o governador do Arizona comunicou a mobilização de 150 militares na próxima semana

08:41 · 07.04.2018 por Agence France-Presse

Os estados de Texas e Arizona anunciaram nesta sexta-feira (6) que enviarão tropas da Guarda Nacional à fronteira com o México, após o presidente americano, Donald Trump, ordenar a mobilização de milhares de homens para combater o narcotráfico e a imigração ilegal.

A Guarda Nacional do Texas informou que enviará 250 homens à fronteira nas próximas 72 horas, e que já disponibilizou dois helicópteros para a região, enquanto o governador do Arizona comunicou a mobilização de 150 militares na próxima semana.

"A Guarda Nacional do Texas está se preparando para mobilizar imediatamente aeronaves de apoio, veículos e equipamento à fronteira entre Texas e México", declarou a comandante da Guarda Nacional do estado, Tracy Norris.

"Esta mobilização começou com o movimento de equipamentos e tropas hoje (sexta-feira). Em 72 horas, o departamento militar do Texas terá 250 homens, além de veículos de vigilância e plataformas de aviação ligeiras e médias" na zona da fronteira.

O envio das tropas do Arizona foi comunicado por seu governador, Doug Ducey, no Twitter.

Trump anunciou na véspera o envio de até 4 mil militares à fronteira com o México, e avaliou que tal contingente permanecerá na região até a construção do muro.

A Guarda Nacional foi enviada anteriormente à fronteira com o México em três oportunidades: em 2006 e 2008 com o presidente George W. Bush, e em 2010 com Barack Obama.

Nestes três casos, a mobilização se manteve por aproximadamente um ano.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.