alvo de acusações

Rússia promete "resposta dura" a expulsão de diplomatas

Nesta segunda-feira (26), os EUA e outros 14 países anunciaram a expulsão de dezenas de diplomatas russos de suas embaixadas

10:22 · 27.03.2018 / atualizado às 10:38 por Estadão Conteúdo
Rússia promete "resposta dura" a expulsão de diplomatas
Os russos negam qualquer envolvimento no caso de envenenamento do ex-agente duplo Sergei Skripal ( Foto: Ben Stansall / AFP )

O vice-ministro do Exterior russo, Sergei Ryabkov, disse à agência de notícias RIA Novosti, que Moscou está preparando uma "resposta dura" ao anúncio da expulsão de 60 diplomatas russos feito pelos Estados Unidos nesta segunda-feira (26). Ryabkov, porém, não deu maiores detalhes.

Na segunda-feira, em ação coordenada, os EUA, a União Europeia e outros países anunciaram a expulsão de dezenas de diplomatas russos em resposta ao envenenamento do ex-agente duplo Sergei Skripal e sua filha, Yulia. Ambos foram encontrados desacordados num banco de parque em Salisbury, no sul da Inglaterra, contaminados por Novichok, uma substância química banida por tratados internacionais.

O governo britânico acusou a Rússia de ter executado o ataque aos Skripal, tese que recebeu endosso de grande parte da comunidade internacional. Os russos negam qualquer envolvimento no caso. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.