pânico

Polícia é acionada para conter atirador na sede do YouTube, nos EUA

Imagens da TV local mostram funcionários deixando as instalações, cada um revistado por policiais

Testemunhas reportaram, ainda, a presença de helicópteros e policiais da SWAT no local. ( FOTO: Gabriel BOUYS / AFP )
18:14 · 03.04.2018 / atualizado às 18:25 por Folhapress
A Polícia confirmou que respondeu a um chamado de um "atirador ativo" nos escritórios do YouTube na Califórnia, ao mesmo tempo em que imagens mostravam na TV local a evacuação das instalações.
 
"Estamos respondendo a [um chamado] de um atirador ativo. Por favor se afastem da Cherry Ave & Bay Hill Drive", tuitou o departamento de polícia, em alusão ao endereço dos escritórios da empresa.
 
Imagens da TV local mostram funcionários deixando as instalações, cada um revistado por policiais.
 
"Estamos nos coordenando com as autoridades e forneceremos informação oficial (...) assim que estiver disponível", tuitou o Google.
 
Um funcionário da empresa tuitou o tiroteio. "Escutei tiros e vi gente correndo, enquanto estava no meu escritório. Agora, atrás de uma barricada com colegas".
 
Pouco depois, escreveu: "A salvo, evacuados. Estamos do lado de fora".
 
A polícia ainda não informou se há mortos ou feridos.
 
"Primeiro, pensei que era um terremoto", escreveu Todd Sherman, que se descreve sua conta no Twitter como gerente de produtos da empresa.
 
"Depois de sair do escritório, não sabíamos bem o que estava acontecendo, mas mais gente estava correndo. Parecia sério, que não era uma simulação".
 
Testemunhas reportaram, ainda, a presença de helicópteros e policiais da SWAT no local.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.