na itália

Papa Francisco encoraja pessoas a denunciar a máfia

O pontífice condenou o abuso de poder e a arrogância, dizendo que as pessoas devem abraçar a "justiça, decoro e legalidade"

O Papa Francisco convocou as pessoas a se livrarem do "medo e da opressão" ( Foto: Alberto Pizzoli / AFP )
18:30 · 03.06.2018 / atualizado às 18:36 por Estadão Conteúdo

O Papa Francisco pediu aos moradores de um subúrbio de Roma, atormentado por mafiosos, que sejam corajosos e ajam de acordo com a lei.

O sacerdote celebrou uma missa ao ar livre neste domingo em Ostia, uma cidade litorânea. Em sua homilia, ele encorajou as pessoas a "derrubar" as paredes dos códigos sociais, conhecidos na Itália como "omerta", que desencorajam pessoas a denunciar os mafiosos.

Em 2015, a administração municipal de Ostia sofreu intervenção do governo italiano por causa da infiltração de clãs locais do crime. Eles são acusados de assassinatos, extorsão, tráfico de drogas e agiotagem na cidade.

O Papa também condenou o abuso de poder e a arrogância, dizendo que as pessoas devem abraçar a "justiça, decoro e legalidade". Jornalistas que fizeram matérias sobre os mafiosos de Ostia foram fisicamente ameaçados. Francisco convocou as pessoas a se livrarem do "medo e da opressão". 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.