pedalando

Ministra vai de bicicleta até hospital para dar à luz na Nova Zelândia

Julie Genter publicou nas redes sociais fotos de sua viagem até ao Hospital da Cidade de Auckland

08:48 · 20.08.2018 / atualizado às 09:26
Ministra vai de bicicleta até hospital para dar à luz na Nova Zelândia
No dia 10 de agosto, Julie Genter publicou em sua rede social que estava com "40 semanas e 4 dias" de gravidez e "ainda esperando" o nascimento de seu bebê ( Foto: Reprodução / Instagram )

Depois da primeira-ministra Jacinda Ardern virar notícia por ser a segunda líder mundial a dar à luz durante o mandato e por ter retornado ao trabalho apenas seis semanas após o parto, outra política neozelandesa agora chama atenção pelo meio de transporte que escolheu para ir à maternidade ter seu bebê. A ministra Julie Anne Genter, de 38 anos, optou pela bicicleta para ir até o hospital neste domingo (19). Com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Julie, que é ministra das mulheres e ministra associada de saúde e transportes, publicou no Instagram fotos de sua viagem até ao Hospital da Cidade de Auckland. Na publicação, a ministra disse que era uma "linda manhã de domingo para dar uma volta de bicicleta, para o hospital, para ter um parto induzido e finalmente ter esse bebê" e que ela e seu companheiro, Peter Nunns, pedalaram até o hospital porque não havia "espaço suficiente no carro para a equipe de apoio". Ela adicionou que pedalar a "colocou no melhor humor possível!".

No dia 10 de agosto, Julie publicou em sua rede social que estava com "40 semanas e 4 dias" de gravidez e "ainda esperando" o nascimento de seu bebê. Até a manhã desta segunda-feira (20) ainda não havia informações se a ministra já havia dado à luz.

Julie Anne Genter é filiada ao Partido Verde neozelandês e representa o partido no parlamento desde 2011. O transporte público e biciclietas são meios de transporte muito usados pelos integrantes do Partido Verde, cujas políticas tradicionalmente focam na defesa do meio ambiente. No Twitter, o partido disse que a decisão de Julie de pedalar até o hospital é "a coisa mais adequada às propostas já feita".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.