Itamaraty calcula 3 mil brasileiros presos no exterior - Internacional - Diário do Nordeste

Itamaraty calcula 3 mil brasileiros presos no exterior

Agência Estado | 08h41 | 30.10.2008

O Itamaraty estima que aproximadamente 3 mil brasileiros estejam presos no exterior. Os casos mais emblemáticos são de dois homens que foram condenados à morte na Indonésia, por tráfico de drogas. Marco Archer Cardoso Moreira, atualmente com 46 anos, foi preso em 2003, quando tentava entrar no país com 15 quilos de cocaína escondidos em seu equipamento de vôo livre. Ele foi condenado à morte em todas as instâncias e teve seu primeiro pedido de clemência negado.

O segundo pedido está em trâmite na Suprema Corte de Justiça da Indonésia. O brasileiro será executado, caso esse pedido também seja negado. Sua mãe, a funcionária pública aposentado Carolina Archer Pinto, de 68 anos, viaja todos os anos para a Indonésia para passar as festas de fim de ano com o filho.

Carolina sabe que é difícil a situação de Marco e acredita que ele só terá uma chance se abolirem a pena de morte no país. Carolina conta que seu filho admite o erro e se arrepende. Na prisão em que Marco Archer está preso, na ilha de Java, o paranaense Rodrigo Muxfeldt Gularte, de 35 anos, enfrenta o mesmo drama. Em 2004, ele foi preso no Aeroporto de Jacarta com 6 quilos de cocaína no interior de suas pranchas de surfe. O governo brasileiro ainda não apresentou um pedido de clemência As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999