Denúncias

Igreja investiga outro padre no Chile por abuso sexual

O pároco será investigado por duas denúncias, sendo uma delas contra um menor de idade

20:16 · 30.08.2018 por AFP

A Igreja chilena informou nesta quinta-feira (30) que abriu uma investigação contra mais um padre por duas denúncias de abuso sexual, incluindo contra um menor.

Em meio à onda de denúncias, o Arcebispado de Santiago informou que na segunda-feira passada abriu uma investigação contra o padre Diego Ossa Errázuriz "por duas denúncias de abuso sexual e de autoridade que teriam ocorrido antes de 2005, quando uma das denunciantes afirma que era menor de idade".

Enquanto durar a investigação - com prazo máximo de 60 dias - "o sacerdote ficará afastado do ofício de vigário paroquial (...) e não poderá realizar atos públicos próprios do ministério sacerdotal...". Os elementos do caso foram entregues ao Ministério Público.

Ossa é um dos discípulos do antigo padre da paróquia de El Bosque Fernando Karadima, um influente sacerdote formador de vários bispos chilenos condenado pelo Vaticano em 2011 por abuso sexual de menores, em um caso que abalou a Igreja chilena.

No momento, há 38 processos em curso e 73 pessoas ligadas à Igreja católica chilena investigadas por abuso sexual, em sua maioria contra menores.

 

 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.