ataque antiterrorista

Forças dos EUA e do Afeganistão matam líder do Estado Islâmico

Abu Saad Erhabi e outros dez terroristas foram mortos durante operação conjunta dos dois países, informaram autoridades locais

17:36 · 26.08.2018 / atualizado às 17:46 por Estadão Conteúdo
Forças dos EUA e do Afeganistão matam líder do Estado Islâmico
O Estado Islâmico ainda não fez nenhum comentário sobre as mortes ( Foto: Tauseef Mustafa / AFP )

Forças armadas dos Estados Unidos e do Afeganistão mataram na noite de sábado (25) o líder do grupo terrorista Estado Islâmico no Afeganistão, Abu Saad Erhabi, em uma ação realizada na província de Nangarhar, informaram autoridades locais.

Ele é o terceiro líder do grupo terrorista morto desde julho do ano passado. Além de Erhabi, outros dez terroristas foram mortos na operação conjunta, informou a agência de inteligência afegã. Erhabi foi descrito por autoridades como o "emir" do grupo. 

Um porta-voz da coalizão internacional liderada pelos EUA no Afeganistão, Martin O'Donnell, confirmou um ataque antiterrorista que visava "um líder sênior de uma organização terrorista designada". O grupo terrorista não fez nenhum comentário imediato, seja nas mídias sociais ou através de sua agência de notícias Amaq, sobre a morte de seu líder.

Os combatentes do Estado Islâmico estão lutando para se manter nos distritos montanhosos da província de Nangarhar, onde estabeleceram uma filial local do califado que o grupo havia declarado no Iraque e na Síria.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.