MIAMI/PONTE

EUA: Engenheiro identificou rachadura horas antes de ponte desabar em Miami

A ponte desabou cinco dias depois de a estrutura principal ter sido colocada no lugar acima de uma estrada de oito pistas

19:13 · 17.03.2018 por ESTADÃO CONTEUDO

Horas antes de uma nova ponte para pedestres desabar na última quinta-feira (17) em Miami, nos Estados Unidos, matando pelo menos seis pessoas, um dos engenheiros do projeto informou os representantes da construtora, da Universidade Internacional da Flórida e do Departamento de Transporte do Estado sobre uma rachadura na estrutura, de acordo com a universidade.

O engenheiro "concluiu que não havia preocupações de segurança e a fenda não comprometeu a integridade estrutural da ponte", afirmou a universidade em um comunicado divulgado neste sábado (17). A FIU disse que está cooperando com as autoridades para entender por que a ponte desabou apenas cinco dias depois de a estrutura principal ter sido colocada no lugar acima de uma estrada de oito pistas.

As equipes de trabalho retiraram neste sábado (17) os dois primeiros veículos esmagados das toneladas de escombros, segundo a polícia. O ocupante do primeiro veículo foi identificado como Rolando Fraga Hernandez. Ele não teve a idade revelada. As vítimas no segundo carro foram Oswald Gonzalez, 57 anos, e Alberto Arias, 53.

Em coletiva de imprensa realizada neste sábado, autoridades disseram que os dois veículos continham três pessoas das seis dadas como mortas. Os dois veículos foram transportados para a perícia, onde os corpos seriam removidos e identificados.

Funcionários disseram que estão trabalhando para remover vários veículos adicionais e há a possibilidade de que o número de vítimas seja maior. O trabalho é complicado pelo peso dos materiais e pela instabilidade dos detritos. Fonte: Dow Jones Newswires.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.