Dois dia antes

Engenheiro advertiu sobre rachadura em passarela que caiu em Miami

Na mensagem, o engenheiro menciona o problema, mas não previa uma falha estrutural iminente

08:45 · 17.03.2018 / atualizado às 09:26 por Agence France-Presse
Passarela em Miami
Há "algo de rachadura que foi observado no lado norte da estrutura", disse Pate. "Obviamente será preciso fazer alguns reparos ou algo similar, mas de uma perspectiva da segurança, não observamos qualquer problema". ( JOE RAEDLE / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP )

O chefe dos engenheiros encarregados da construção da passarela que desabou em Miami matando ao menos seis pessoas advertiu as autoridades de que havia uma rachadura na estrutura, revelou nesta sexta-feira (16) o departamento de Transportes da Flórida.

Denney Pate deixou uma mensagem de voz na secretária eletrônica de um funcionário do departamento de Transportes da Flórida no dia 13 de março, dois dias antes da queda da passarela sobre uma importante avenida, informaram as autoridades.

> Passarela de pedestres desaba sobre rodovia em Miami e deixa vários mortos

Na mensagem, que foi ouvida apenas nesta sexta-feira porque o funcionário em questão estava ausente, mencionava o problema, mas não previa uma falha estrutural iminente.

Há "algo de rachadura que foi observado no lado norte da estrutura", disse Pate. "Obviamente será preciso fazer alguns reparos ou algo similar, mas de uma perspectiva da segurança, não observamos qualquer problema".

A passarela, de 88 metros, ligaria a Florida International University (FIU) à cidade de Sweetwater e seria aberta apenas no início de 2019.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.