Anti-Imigração

Declarações de Trump sobre imigração e cultura na Europa despertam ira

Trump disse que permitir a entrada de milhões de imigrantes na Europa é "muito triste" e que os europeus estão perdendo a cultura por conta disso

A diretora do Projeto de Inteligência do Southern Poverty Law Center, Heidi Beirich, classificou os comentários de Trump como "racistas" ( Foto: Brendan Smialowski / AFP )
15:10 · 14.07.2018 por Estadão Conteúdo

As declarações do presidente Donald Trump nesta semana de que a imigração está "mudando a cultura" da Europa estão atraindo a ira de críticos, que afirmam que Trump está encorajando manifestações xenófobas de nacionalistas brancos.

Em entrevista ao jornal The Sun e a uma entrevista coletiva na Grã-Bretanha, Trump disse que permitir a entrada de milhões de imigrantes na Europa é "muito triste". Ele declarou: "Acho que vocês estão perdendo sua cultura".

A diretora do Projeto de Inteligência do Southern Poverty Law Center, Heidi Beirich, classificou os comentários como "racistas". Ela e outros especialistas dizem que os sentimentos anti-imigração refletem uma transformação demográfica que deixa desconfortável parte da população branca.

As observações também ignoram lugares como Lisboa, em Portugal, onde um fluxo de imigrantes do Brasil, Cabo Verde e Angola enriqueceu a cultura desde times profissionais de futebol até a música popular. Fonte: Associated Press.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.