TRAGÉDIA AÉREA

Avião com 113 pessoas a bordo cai ao decolar em Havana

Boeing 737 caiu logo após decolagem. A aeronave saiu da capital cubana com destino a Holguin, área leste do País

Avião está destruído e em chamas, sobre um local próximo ao aeroporto e próximo a uma plantação, aponta jornalista da France Presse ( AFP )
14:33 · 18.05.2018 / atualizado às 17:33
Presidente cubano Miguel Díaz-Canel chega ao local do acidente aéreo em Havana ( AFP )

Um avião da companhia aérea Cubana de Aviación, com 113 pessoas a bordo, caiu nesta sexta-feira (18) pouco depois de decolar do Aeroporto Internacional de Havana, segundo o presidente cubano, Miguel Díaz-Canel. Ao todo, são 104 passageiros e 9 tripulantes.

"Ocorreu um lamentável acidente de avião. Segundo a companhia, o avião transportava 104 passageiros e nove tripulantes. As notícias não são alentadoras, parece que há um alto número de vítimas", afirmou Díaz-Canel ao chegar no local do acidente.

Segundo o jornal oficial Granma, três pessoas que estavam no avião sobreviveram e estão em estado crítico.
 
"Três passageiros conseguiram sobreviver ao acidente. Estão em estado crítico. Já foram hospitalizados", informou o jornal Granma. Socorristas trabalham no local do acidente

Emissora CubaTV traz imagens do local com resgate de vítimas

A emissora CubaTV afirmou que o voo, que ia para Holguín, no leste do país, era da companhia Cubana de Aviación, mas a aeronave era arrendada da empresa italiana Blue Panorama.

Relatos citados pela emissora também indicam que há uma espessa nuvem de fumaça visível ao redor do aeroporto, o principal do país.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.