Já na primavera

Nevasca incomum atinge os EUA

00:00 · 22.03.2018 / atualizado às 00:34
Image-0-Artigo-2378066-1
Acúmulo de neve deve aumentar na cidade de Hoboken, em Nova Jersey, superando 15 centímetros ( FOTO: AFP )

Nova York. Uma nevasca incomum na primavera (hemisfério norte), a quarta em três semanas no leste dos EUA, provocou ontem, o cancelamento de mais de 2.500 voos só na região de Nova York e o fechamento das escolas.

Em Nova York, três quartos dos voos foram cancelados no aeroporto de LaGuardia (896 voos) e em Newark (975), assim como 50% das chegadas e partidas no aeroporto internacional John F. Kennedy (674).

No segundo dia da primavera, outras centenas de voos foram cancelados nos aeroportos da Filadélfia, Pensilvânia (473 voos), nos aeroportos Reagan National e Dulles de Washington DC (598 voos), Baltimore (377) e Boston, em Massachusetts (405). Cerca de 4.000 moradores dos edifícios subsidiados pela cidade estavam sem calefação e água quente, e o governador de NY declarou estado de emergência na cidade e arredores.

As escolas públicas e privadas de Nova York fecharam suas portas, e a coleta de lixo na cidade foi suspensa para que os caminhões possam espalhar sal pelas ruas e varrer a neve.

A temperatura caiu para -1ºC, e há previsão de fortes ventos na região, de até 72 km/h, que poderiam derrubar árvores e causar apagões. "A nevada mais pesada cairá justamente sobre NYC e seus arredores", disse o prefeito, Bill de Blasio.

O prefeito pediu aos empregadores que deixassem os funcionários voltarem para casa mais cedo que de costume. "A hora do rush da noite vai ser muito, muito difícil", disse De Blasio em entrevista coletiva. "Se você não precisa sair esta noite, não saia".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.