Guatemala

Mortos por vulcão já totalizam 109

00:00 · 08.06.2018
Image-0-Artigo-2411411-1
O Vulcão de Fogo já devastou diversos povoados com sua mais forte erupção registrada nas últimas quatro décadas pelas autoridades da Guatemala ( FOTO: AFP )

Cidade da Guatemala. Pelo menos 109 pessoas morreram desde domingo após a potente erupção do Vulcão de Fogo que arrasou várias comunidades no sul da Guatemala, informou ontem uma fonte oficial.

O Instituto Nacional de Ciências Forenses revelou ter recebido os corpos de 109 vítimas pela erupção vulcânica, desde o domingo. Cerca de 200 personas permanecem desaparecidas.

O relatório detalhou que mais sete corpos de vítimas ingressaram no necrotério temporário instalado perto da zona de impacto, na desaparecida comunidade de San Miguel Los Lotes no município de Escuintla, ao sul da capital. Outros três foram transferidos para o necrotério central da capital depois de não resistirem aos ferimentos.

Operações suspensas

A Guatemala teve de suspender ontem as operações de resgate na zona devastada pela erupção do Vulcão de Fogo. As operações também tiveram de ser suspensas na véspera por causa das chuvas. A cifra de mortos na tragédia é de quase cem, além dos povoados inteiramente soterrados. O vulcão, com 3.763 metros de altura e situado 35 km a sudeste da capital, registrou sua erupção mais forte nas últimas quatro décadas que deixou.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.